terça-feira, janeiro 22

Farmácia

Queria que vendessem pílulas mágicas para a felicidade. Não para dormir, mas para ficar feliz de novo sem motivos igual no dia da meditação louca que falei em uns posts atrás.

Nenhum comentário: