domingo, fevereiro 3

Organizando e desentulhando as belezuras.



Sou desorganizada, como todos sabem, mas não gosto dessa característica minha e como acredito piamente que podemos mudar, estou sempre buscando minhas melhorias, as vezes dou dois passos para frente e um pra trás, mas estou sempre tentando.

Sou compulsiva na compra de cosméticos, perfumes, maquiagens e gêneros, mas tem um problema, não tenho corpo para usar tudo, o tom da maquiagem não bateu tão bem na luz natural, ou o que achei MARA na loja não tem muito uso na vida real, ou foi a dica de alguém que não deu nada certo para mim. Como meu dinheiro não é capim e sou egoísta acabo não doando muitas coisas tive que pensar em métodos para solucionar a questão que sim, me deixa pensativa várias vezes por dia.
As soluções que tenho seguido:

Hidratantes, óleos, óleo de banho:
Muitas vezes uso até a metade, ou só um tanto, enjôo ou compro um melhor, o meu armário vai ficando cheio de metadinhas, mas é lotado mesmo.
Solução adotada: Esconder tudo o que estiver novo e cheio (no meu caso enfiei tudo em ecobags e coloquei embaixo na estante) e deixar as metadinhas e os fins para serem usados. Antes disso fiz uma limpa nas validades e tinha algumas coisas passadas que foram para o lixo. Então tenho utilizado esses até o fim, ou tentado, pois algumas coisas duram muito. Como prefiro hidratantes com válvula pump, a embalagem que acabou é lavada e outra metadinha sem a tal embalagem é transferida. Já consegui finalizar três hidratantes assim.

O óleo Séve da Natura que tenho uns cinco mas tenho pena de usar porque um tem o cheiro disso e daquilo, era edição especial, enfim, os motivos mudam (porque a pessoa gasta tubos e fica com pena de usar?) foi transferido do armário para o banheiro e após o banho já bezunto o corpicho sem pena. O ruim é que a toalha fica meio gordurosa e no final do post deixo uma dica para solucionar esse problema.

Perfumes.
Mesmo problema, metadinhas, cheiros que combinavam em uma época e não combinam mais, perfumes vagabundos que tem cheiros esquisitos como tangerina, perfumes que até passaram da validade.

Solução? Os que tem um cheiro que não combinam mais tanto uso após o banho um cadinho de nada, (porque gosto de usar um cheirinho antes de dormir, mas normalmente é uma colônia fresquinha) ou uso para trabalhar, os que estão na validade.
 Peguei dois perfumes importados que foram caros a beça totalmente passados e com cheiro meio rançoso, (um não combinava comigo e o outro eu tinha pena, mas olha a burrice da tal da pena) não dava para usar no corpo, por isso um coloquei para espirrar nos ambientes, foda-se está passado mesmo (a pessoa deve peidar dinheiro para ter um aromatizador de 300 reais é foda minha gente, tem pena de usar e depois vira esse desperdício) e o outro coloquei para usar no tanquinho na última água de toalhas e roupas de cama, como está diluído o cheiro do ranço esquisito se vai e as cobertas ficam com cheiro de rica. 

Maquiagem.
Aqui está meu calcanhar de hércules (foda-se a mitologia) Eu compro muito mais que minha capacidade usativa – foi feito a mesma coisa, esconde-se o novinho, o que está acabando está em uso, acabou joga-se fora, a base que ficou escura vira um toque de bronzeado, o pó iluminador que me faz parecer a globeleza virou sombra, o blush claro demais virou iluminador, o rímel no fim duro de pedra vai pro lixo, lápis de olho metálico vira sombra, o baton perolado caríssimo da lâncome bem espalhado virou uma sombra pérola, enfim, nunca tive tanta criatividade com maquiagem, porque não posso ir trabalhar com olho esfumado preto tipo noite porque nem combina com meu uniforme. E os balms foram para o armário do banheiro, bolsa, gaveta do escritório, cabeceira da cama, enfim, até acabar-se. 

Sabonetes líquidos, sabonete rosto, xampu.
Escondi os sabonetes em barra e estou colocando tudo no uso sem pena, sem pena do preço (a dura lição dos perfumes me fizeram mudar o modinho de ter peninha das coisas) e o shampoo anti resíduos que não deu certo virou sabonete líquido para esfoliação junto com fubá e aveia, o xampu que não deu certo de jeito nenhum foi diluído e jogado no tanquinho para lavar até pano de chão, o sabonete de rosto tipo soapex que eu tinha e que não serve mais – porque minha pele não é mais tão oleosa como no rio (o calor aqui é bem menor) virou sabão de lavar pé, inclusive acho que foi um dos truques que eliminaram meu chulé – já que a maioria desses sabão é bactericida. Sabonetes em barra que não combinam com minha pele ou o cheiro não rolavam foram derretidos colocados em um negócio de cinco litros junto com água e jogados no tanquinho também, é bom para lavar roupas delicadas e brancas (se o sabonete não for colorido), o sabão fica uma gosma, mas dilui naquele monte de água e tem que enxaguar mais uma vez para não ficar resíduo, ótimo para lavar lençóis brancos também.

OS: Perguntaram sobre a manta e meu tanquinho no post anterior, meu tanquinho é 10kg dá pra lavar até cachorro dentro, é grande. 

Finalizadores de cabelo, creme de tratamento, queratina e etc.
Com a merda que fiz no meu cabelo (o alisamento que quase me faz perder os cabelos)  a maioria das coisas que usava para os meus cabelos caíram por terra, uso o óleo extraordinário da Elséve e um óleo de argan, o resto pesava e deixava com cara de “não lavo o cabelo a semanas” os “silicones” vagabundos viraram hidratantes de bolsas e sapatos de couro (use e verás) os condicionadores nada a ver viraram escorregadores de gilete na depilação, em vez de usar sabão nas pernas pego aquele condicionador taco nas pernas e passo a gilete (gilete ecati porque não se depila cera? Porque encrava tudo minha gente, macha, fica cheia de pereba, só gilete ou creme depilatório, até eu fazer meu laser). Creme de tratamento de cabelo que não dá jeito nos cabelos é usado como condicionador normal, lavo, taco na cabeça e enxáguo.

Bom nessa eu já consegui me desfazer de várias coisas que não tinham uso, e hoje ainda vai rolar mais uma reforma nessas coisas até eu abrir espaço para as coisas novas. 



Ps: Para lavar toalhas e lençóis junto com o sabão coloque meio copo desse Nadir Figueiredo de vinagre branco, lava tudo e depois usa o amaciante da sua preferência, não fica cheiro nenhum de vinagre e arranca as sujeiras mais profundas – agora me imagine invadindo a sua casa com avental branco um sorriso mais branco ainda e falando isso para uma câmera imaginária.

2 comentários:

. disse...

valeu por esclarecer a dúvida do tanquinho, o que vc ouve de música? às vezes isso pode te fazer se sentir melhor né?
bjus

Eu?! disse...

uma boa dica pra desencalhar perfume é borrifar um pouco na lampada do abajour, se voce tiver, claro! quando a luz acende esquenta a lampada e faz evaporar o perfume deixando um cheiro bom no ambiente ;)