sexta-feira, março 22

Acho as vezes acho.

Que se eu fosse magra e tivesse aquele ar etéreo, falasse baixo a tristeza combinaria comigo. Como uma roupa que nunca me cai bem me sinto desconfortável estando no limbo.

Nenhum comentário: