quinta-feira, março 21

Carinho

Sinto um carinho enorme por vocês, como disse Aline tem que ser querida para pessoas se preocuparem e sei que sou uma boa fonte de distração afinal vocês lêem e pensam "tem gente mais fudida do que eu no mundo", vocês sabem mais da minha vida que todas as pessoas juntas que me cerceam. Vocês me escrevem, puts e eu mal consigo retribuir isso. aliás ultimamente eu simplesmente não retribuo porque é tão difícil falar as coisas, não é egoísmo, é não ter o que dar. Ao mesmo tempo que é muito difícil é muito fácil abrir a vida dessa forma, sou melhor com as palavras escritas que faladas. Eu vou te contar tudo é o que vem a cabeça quando vejo esse computador. Eu não tenho sentido muita dor nos últimos dias, acho que estou melhorando mas não gosto de comemorar coisas não palpáveis. Levei minhas calças para a costureira e tive vontade de virar meia garrafa de vodka pura hoje quando cheguei em casa. Mas aqui em casa não tem vodka, pavor de ser como a minha mãe que segurava nas barras da janela dizendo que ia se matar. Pavor pavor.

5 comentários:

Tiburciana disse...

Não queremos nada em troca , nem mesmo satisfações ...
Não te leio por consolo ( apesar de ser uma boa ideia)
Leio por que gosto ou melhor aprenti a te gostar

carol pinheiro disse...

Oi Cristal! Fiquei mega feliz por vc ter respondido,por estar melhor e por ter ciencia de que temos um carinho enorme por vc.
Sou médica,mas tb não tenho respostas exatas sobre qdo e a quem recorrer nas nossas piores horas. Mesmo pq sentimentos não tem exatidão.
Saberemos mesmo qdo devemos recorrer á um profissional ? Acho que sim,na medida em que a coisas não está tão braba,pois qdo estamos realmente doentes,desta dor da alma,não temos discernimento pra tal atitude.

Bem,o que quero te dizer,com toda minha praticidade e objetividade é que posso te oferecer minha amizade real,presencial,dessas que a gente pode realmente contar qdo não encontramos a tal mola que dizem existir no fundo do poço.

Não sou a pessoa mais sociável do mundo,tenho poucos e ótimos amigos e problemas, como todo mundo.
Mas tenho soluções tambem, não me rendo facilmente e procuro ter sempre um plano B na manga. Ao a vida e vivo intensamente,com todas as delicias e dores que isso nos traz.

Gostei de vc de graça,e por isso estou te oferecendo minha amizade e apoio.
Claro,se vc quiser,e estiver num momento em que caina isso em sua vida,ok?

carol pinheiro disse...

Ops...Caiba

Felicia Luisa disse...

*.*

Priscila Zanutti disse...

Queridaaa!
Te leio há tanto tempo que nem sei mais porque comecei e porque nunca parei, deve ser reconhecimento por ser tão fudida quanto vc, mas ainda no Rio. Depois manda seu novo endereço pq perdi o do Rio (q agora seria inútil) pra que eu te mande um presentinho pra alegrar suas retinas e enfeitar sua vida) Bjs e se cuida