sexta-feira, março 22

Parabéns para mim.

Hoje fazem sei lá quantos dias desde que não tomo nenhum remédio para dormir. Nadinha.
Acho que uns 10 dias.
Eu engordei porque ando muito ansiosa, hoje comi pão e logo depois dois pastéis, o que é bastante exagerado até para os meus padrões.

Os remédios continuam na gavetinha mas eu os esqueço, e tenho dormido bem, as vezes acordo no meio da noite mas nada de mais. Teve um único dia que levantei fui a sala e fumei um cigarro de madrugada, que lembra meu pai que ACORDAVA no meio da noite para fumar. Conheço de história porque nunca convivi com meu pai.

Meu pai me ligou duas vezes no ano passado, tenho muita mágoa de pessoas que não se importam comigo. E sei que ele nem deve pensar em mim, a não ser para perguntar para a esposa algo assim "como é o nome daquela minha última filha? Aquela que tem nome de pedra, a meio doidinha, como é? Ah será que ela está viva ainda?"





3 comentários:

Aline disse...

Meu pai cagou pro lance a tanto tempo que nem sei mais. O suficiente para eu cagar tb. É ruim qd alguém que deveria não se importa com a gnt, mas fazer o que. Pelo outro lado tem gnt que se importa, mesmo sem motivos (Pollyanna feelings)

Ana P. disse...

como disse a Aline, o bom é que tem gente que se importa, ainda que sejam aquelas que, por natureza, deveriam se importar.

pode não suprir a necessidade, mas ajuda muitíssimo!

Andréa disse...

Fico triste também pelo meu pai ser assim. E o pior é que ele nem liga, e ainda fala que eu desapareço...