quarta-feira, maio 1

Deveria

Os deveria da minha vida estão realmente me cansando, eu deveria fazer muita coisa, deveria até estar feliz porque estou de férias, deveria me cuidar mais, não reclamar do mundo, deveria, deveria.

Eu não tenho a obrigação de ser feliz por isso ou aquilo e nem de ser triste por isso ou aquilo e nem de querer ou não querer algo.

Se uma bolsa me deixa feliz e se o que almejo hoje é tão menor do que já foi um dia não tenho obrigação de ser feliz ou triste por isso.

Acho que a felicidade está tão, tão supervalorizada que hoje quando me pego ficando contentinha com alguma coisa está muito bom, engraçado que comecei a ter medo de ser feliz, porque normalmente ser muito feliz um dia, é prelúdio de uma semana de merda. Foi num desses aí que comecei a fugir da felicidade e buscar somente o contentamento.

Não estou feliz, nem infeliz, estou apenas vivendo. Daqui umas horas tudo pode mudar, ou não.






3 comentários:

Alexandre disse...

Sou dessa também, se está tudo dando muito certo, é porque tem alguma coisa muito errada que você não percebeu.

Nádia Galdino disse...

hahaha, também tenho disso: se algo realmente bom acontece, imediatamente penso no que vai vir de ruim para compensar... direto me pergunto se de repente dei pra ter medo de ser feliz "/

Nádia Galdino disse...
Este comentário foi removido pelo autor.