quarta-feira, maio 1

Mãos a obra?

Sou um eterno paradoxo, todos vocês já sabem desisto e levanto em dias, segundos, minutos e horas. É exaustivo? Se é. É tanto que me obrigo a desistir, aí dá um fogo no cu e estou tentando de novo. Acho que não faz parte de mim essa coisa de morrer de vez por isso que canso as pessoas muito antes de me cansar, vivem me dizendo lá no trabalho que jamais mudarei a cabeça de algumas pessoas, mas canso elas de tanto tentar, e de encher o saco porque sou muito muito muito muito insistente, e apesar de estar sempre cansada, sou incansável. Porque sou realmente muito insistente de verdade.

Comecei a delinear um novo "projeto" antes de sair de férias que nada passa de melhorias contínuas para minha própria existência, sou uma pessoa que dá saltos e depois para, nada de constância e isso é uma coisa que me incomoda, dentre tantas outras que me incomodam como ir a um shoping sem dinheiro por exemplo.

Dei um passo gigantesco fazendo uma planilha financeira muito detalhada que me deu a exata noção de quanto ganho e quanto essa casa e minha vida custam, deu medo, fora as dívidas que crescem a olhos esbugalhados, ainda não consegui fazer alguma coisa, pois fiquei meio paralisada com essa questão, mas enfim. Já é alguma coisa, vou aproveitar esses dias para começar... só um passinho.


Nenhum comentário: