terça-feira, abril 1

Estar bem.

Sou uma exagerada. Isso é um fato. Quando estou bem, estou muito bem. Quando não estou, estou muito mal.
Perdi o hábito de rezar, mas ontem pelo tédio resolvi fazê-lo, gosto de fazer cobranças no estilo "porque tudo eu" mas até para isso estava meio sem saco. Não estava a fim de ser meu próprio saco de pancadas, resolvi meditar sem falar nada, como nenhuma voz veio do céu para falar comigo resolvi ir dormir. Peguei um vidrinho de clonazepan e ia tomar umas gotinhas quando uma voz de dentro da mente me perguntou "porque você está fazendo isso?" e eu expliquei pra mesma voz que QUERIA DORMIR PORRA. E alguma coisa batendo lá no fundo até que lembrei, não queria dormir, simplesmente não queria sentir dor, não queria pensar, não queria ser, queria apenas deitar, dormir e não pensar em nada.

Sempre que fico pensando me acabo como vítima, me acabo com o "ó vida, ó azar" mas até isso me cansa.
E não queria entrar nesse espiral. Estou de férias, fechei mais um ciclo de um ano inteiro, gostaria de poder sei lá, curtir o fato de não precisar levantar cedo e sair correndo, e ter que vender, ou ter que fazer, ter que pagar, ter que ser, eu queria curtir a noite que não precisaria nada, que na solidão da minha casa poderia ser simplesmente eu, resolvi aceitar a dor, aceitar o fato de pensar sem parar.

Não me sinto adequada o tempo inteiro, nem culpada o tempo inteiro e não quero mais tomar remédios, tomar na cabeça, ser a primeira a ser acusada e a última ser lembrada, ou o fato de acharem não sei de onde que só mais um dia, mais uma vez eu aguento, porque sempre aguento mesmo.

Quando fui realmente dormir, depois de muito rolar pela cama fiz um pequeno contrato com Deus, de que acordaria bem, de que estaria bem independente de qualquer coisa, que ficaria bem. Mesmo que as situações não ajudassem, estaria bem porque não posso ajudar ninguém, nem a mim se não estiver bem.

Não vou deixar as coisas correrem a própria sorte, farei com que fique bem, acordei muito triste, fiz um suco de laranja e pensei "estou bem, estou bem, estou bem" e fui melhorando, vou melhorar até cansar.



Nenhum comentário: