quinta-feira, fevereiro 28

A Sexualidade alheia..

Eu falo de sexo como qualquer outra assunto, portanto se tiver algo contra o assunto não leia caralho hehehehe e hoje dando uma bailada pela internet percebo que tem uma vibe para saber se a Tathi do BBB é mesmo lésbica, eu te digo que na minha opinião de achóloga ela é com certeza, porém tem algum problema em assumir-se, tiposki não entendo essa parada de se "assumir" que porra é essa? Nessa sociedade hipócrita em que vivemos temos mesmo que se encaixar em alguma turma ou papel pré estabelecido, imaginei a seguitne cena: Prazer em conhecê-lo, eu sou Cristal Sguenis heterossexual assumida. Tenho amigas / amigos homo e até dentro da gayzisse deles tem que assumir algum tipo de papel, tem a pintosa, o passvio, ativo, a mulher-macho a "Mary Femme" e cada um tem que cumprir com o papel estabelecido.


Conversando tempos atrás com uma amiga lésbica ela falou que até os chamados bissexuais são "mal vistos" na trupe porque é como vivessem "em cima do muro", e que problema existe em gostar de tudo um pouco? Tem gente que não sabe decidir se gosta mais de doce ou salgado e ninguém briga com ela por causa disso! Eu tenho o costume de dizer que as pessoas se levam a sério demais, e são essas criaturas que nos seus pensamentos fazem coisas que até duvidamos que exista. Penso que quem faz as regras somos nos mesmos (jura?) e até os ditos sem preconceito não gostam de brincadeiras desse cunho, é aquela coisa meio "Não tenho nada contra gays, mas se meu filho for eu mato."
Só posso chegar a triste constatação que o serumano é muito medíocre nas aceitações e tolerâncias, seja religiosa, sexual ou racial.


Só de pensar em "precisamos nos encaixar em algum padrão" me dá uma certa confusão nos meus sete neurônios, afinal logo me perguntam se sou lésbica ou algo do gênero quando levanto essa questão, e eu fico com aquela cara de "será que eu tô com cara de militante?" Não sou lésbica, nem gay, nem bi, nem tri nem hexa, (mas dizem que eu pareço travesti) sou apenas a favor de fazer o que se quer, em qualquer situação... se vc está a fim de pegar aquela mulher/homem/ porque êla te deu tesão, vai lá, a sociedade está cagando mesmo para a nossa reputação... Eu gosto de homens, gosto de barba no meu pescoço, de piroca propriamente dita. Mas já beijei mulher, já beijei viado, já beijei até menor de idade kkkk. Nunca achei nenhuma opção além da minha mais tentadora, nem remotamente, nem para "curar curiosidade". Porém me atirem a primeira pedra quem nunca pensou nas possibilidades.

Quem liga se vc deu no primeiro encontro? E se deu não podia boquete? Diz que não usa calcinha vermelha porque é coisa de puta? Não quer ficar por cima para os seus peitos não balançarem? Vc acha mesmo que aquele cara esquisito e meio bêbado é a sua alma gêmea?? Se eu pudesse dizer algo sobre esse assunto em definitivo seria: Não se cobre tanto, a vida passa, portanto, divirta-se.

9 comentários:

Ana P. disse...

Ai, colega, a frase final foi TUDOOOOO!!! As pessoas se cobram demais, na verdade, a gente cobra tanto dos outros serezumanos que acabamos trazendo essa cobrança pra nós mesmos.

E tem até quem diga que se vc é desencanada demais, tipo como uma pessoa bem resolvida que não liga pro que os outros acham ou deixam de achar, é pq vc é puta!

E eu digo: não sou puta pq eu dô de graça!

Hahahahahahahahahahahahahahahahaha!!!

Diga não à homofobia! \o/

Cristal - a louca. disse...

ADOREI o "não sou puta porque dou de graça" vou incorporá-lo ao meu vocabulário :)

Márci disse...

Ótimooooo.

Eu tb sou da opinião que as pessoas tem que cuidar da sua vida...cada um cuida do seu pintinho e da sua bocetinha...e deixar as pessoas serem feliz como elas quiserem, né não ?

Cansei de ser abduzida disse...

é.. tô no time das "não sou puta pq dô de graça" mas podia cobrar... trabalhar com prazer!

quanto vale o shooooooooooow...??


Beijos... baby! te cuida bem!

Andarilho disse...

O post foi bom, mas esses comentários são melhores ainda.

Já entrou pra minha lista de frases memoráveis, esse 'não sou puta pq dou de graça', hehehe.

.Ná. disse...

EU acho que o povo tá mto preocupado com o conceito que a sociedade mostra. Aliás, sociedade essa mais hipócrita do mundo!
Beijos, flor!

Samara disse...

acho que a única fase que somos autenticos e todo mundo acha legal é na infãncia...vamos crescendo e somos moldados para viver em sociedade...e mais que vier em sociedade se tranformar em um mebro sa sociedade mesmo que isso seja contra seus principios.!
acho super legal, quem se assume...(tenho algumas amigas), mas considero que vai de cada um falr ou não..se expor ou não

Natália Coelho disse...

O corpo é meu, a vida é minha,e desde que eu não afete quem eu amo,foda-se o que vão pensar!

Bom texto!

Cristal - a louca. disse...

Márci: Apoiada companheira!

Cansei: Já pensei muito nessa hipótese, porém somente se eu pudesse escolher os clientes caaalaro! Seu show não tem preço cálega :) e se for cobrar, cobre muuuuito bem hehehehe.

Andarilho: As pessoas que comentam aqui são máster :)

Ná: Sem falar que essa sociedade está caaagando pra nóis, né? kk

Samara: Falou muito bem, aliás a gente tem que ser artista todos os dias para a society, né? Aposto minha bunda que as pessoas não são 30% daquilo que querem parecer. Se expor ou não é questão de cada um mesmo e ninguém tem nada a ver com isso :)

Natália: Isso mesmo, não prejudicando ninguém, principalmente a si mesma, vale tudo..ou quase hehehe.

Beijundas :)