segunda-feira, março 31


Eu e o dinheiro....

Eu tenho uma relação de amor e ódio ao dinheiro, ultimamente eu venho sendo uma administradora tão ruim que meu dinheiro cai na conta e toma um capote de tudo quanto é lado...

Não é uma questão de quanto eu ganho, é uma questão de gastar mal mesmo, gastar mais que ganha e coisas do gênero. Minha conta vive furada, eu vivo furada e dura... mesmo não precisando de tudo aquilo que eu juro ser necessário para minha existência.

Acredito que dinheiro está ligado diretamente as emoções, por isso só posso entender que minha auto-estima tá lá perto do inferno e eu ando comprando muita coisa para "suprir o meu vazio interior". Eu já ganhei bem menos que ganho e não tinha esses problemas recorrentes, pode ser problema da metrópole que me incita a gastar mais, pode ser insatisfação com esse emprego, com a minha vida, com o meu corpo, com tudo o que eu tenho que mudar e literalmente empurro com a barriga.

Estou sem fazer planilha de gastos, planilha de calorias, planos para o futuro... não estou conseguindo pensar em um futuro mais distante que dois dias, venho vivendo um grande e imenso SE... mas nada tenho feito para modificar minha existência, achando que um grande meteoro cairá na minha cabeça e tudo ficará bem, jogando para costas alheias a responsabilidade de me fazer feliz, e rindo quando na verdade tô toda fudida e quero sair gritando... e o pior de tudo: O MEDO... de não ser boa o suficiente, de não conseguir dar conta de tudo, de fracassar no meio do caminho, de não realizar meus sonhos, de ser mandada embora, de ficar sem dinheiro até para comprar um maço dee cigarros, o medo de sucumbir, de ficar doida antes da hora... O MEDO paralizador...

Eu estou escrevendo para desabafar e ver até que ponto eu realmente cheguei e se tem mais algum pior para descer, eu acho que tá na hora de uma mudança de 352452455645ºººº e eu vou fazê-la. Não vou ficar assistindo na arquibancada minha vida degringolar e tomar um rumo doido.

Começa hoje o diário revolucionário de Cristal - a louca (não sei ainda o que vou revolucionar... mas eu penso nisso depois rs.)

7 comentários:

Andarilho disse...

Uhuuu, revolução tem que ter sangue pra ser boa!!

.Ná. disse...

Ah, Cristalzinha. Eu tenho esse problema sério tbm.. Sobra mês no meu dinheiro e eu não consigo parar de gastar e muito menos pagar todas as minhas contas. Vezinquando, papi e mami dão uma ajuda. Tá, veinquando não. VEzinsempre. É foda? É... descobre como faz e me conta?
Bjo

Márci disse...

Welcome to my world colegaaaa !!

É phoda ! É muito phoda ! Embora hj em dias as coisas estejam ruins eu aind aposso dizer que já estiveram piores....Aff !

Bom..eu nem sei se existe um conselho, dica, toque de amiga, whatever para estar passando...Mas assim, boa sorte nessa revolução aí..estarei aqui acompanhando tudo e torcendo ;-)

Ana cláudia disse...

Caraca!! Cristal, parece que fui eu que escrevi isso, estou totalmente no mesmo barco, só que com 1 agravante, estou com quase 40 anos. o que me deixa mais apavorada, sem grana, no vermelho, descontente com o emprego, sem vontade de voltar pra casa,mais também não faço nada pra mudar a situação. fico acomodadda. bom só esse desabafo já valeu, vou tentar correr atras também. Beijos

Fê Probst disse...

Meu maior problema é gastar quase tudo o que ganho. Recebo para pagar dívidas e, como fico sem, crio outras - piores.

Cristal - a louca. disse...

Andarilho: Terá... terá...

Ná: Me empresta sua mãe e seu pai só um cadim???? kkk.
Vou dar um jeito de dedscobrir e vou te contar :)

Márci: ô Carai de vida de pobre né??? Sua torcida vale muito =]

Ana Cláudia: Junte-se a mim e vamos sair dessa!!! Nunca é tarde pra gente mudar tudo :)

Fê: Aquela velha bolinha de neve, né? Quem adora isso são nosso bancos hehehee.


Beijundas :)

Cansei de ser abduzida disse...

Nossa.. boa sorte!!
Boa sorte meeeesmo!! pq foi difícil pra eu tomar juízo com a grana!
e eu me perguntava ... ONDE EU GASTEI A MINHA GRANA???
chega!! agora chega.. ele é meu escravo!! dinheiro safado!!

Beijos... beijos!!