quarta-feira, novembro 26

Como as coisas mudam...

Eu era um bebê muito bonitinho, daqueles fofinhos e gostosos. Virei uma criança esquisita. Uma das coisas que sempre foi complicada quando eu era criança era o tamanho da minha boca. Bocão da Royal, Mick Jagger e Coringa eram apelidos que eu tinha. Tinham uns faveladinhos garotinhos do meu colégio que adoravam dizer que eu não tinha a boca grande e sim muitos dentes. Aí essa virou a graça, dizer que eu tinha 52 dentes na boca.
Também era cabeçuda e tinha um cabelo muito esquisito.
Sempre fui motivo de chacota no colégio, pelo nome esquisito, porque eles achavam que meu olhos eram muito claros e eu era cega... porque era burra.

Mas Deus que também me ama e fez com que o tempo me ajeitasse, meu cabelo enfim decidiu que ia ficar enrolado, meus olhos deixaram de se atrair um pelo outro, meu corpo cresceu e nem parecia mais tão cabeçuda, a minha boca nem parecia mais tão grande e fiquei inteligente. É claro que também aflorou toda a humildade que eu possuo.

Uns 20 dias atrás quando eu fui na minha antiga cidade, minha mãe toda serelepe disse que tinha reencontrado o sbrubbles que estudou comigo e que ele daria um passadinha lá . Caguei, odeio a maioria das pessoas dessa época e essa pessoa em especial me ignorou até os meus quatorze anos. Sinceramente preferia não revê-lo.
Um homem esquisitinho apareceu from hell e minha mãe toda animada falou: Olha só fulano!
Ráaaaaaaaaaaaa!!!!
Quando a miniatura me viu quase teve um treco, talvez achava que eu ainda era aquela criatura meio esquisita do colégio

Pessoa: Você é a Cristal bocão do colégio?
Eu: Claro que sou eu, quem mais seria?
Pessoa: Sei lá você ficou assim tão diferente.
Eu: É eu fiquei mais bonita.
Pessoa: Eu não quis dizer isso, ou dizer que você era feia.
Eu: Você não quis dizer isso porque você já disse muito isso, né?
Pessoa: É, mas sabe como são as crianças, né? E falando nisso eu vou andando porque blawhiskas.

E graças a Alá Iemanjá levou aquele ebó de volta.

Por isso eu cheguei a seguinte constatação, é bom ter cuidado com quem você implica quando é criança/adolescente, porque jamais comerá elas quando você crescer.

Segue minhas fotos de criança para vocês rirem um pouco ^^




Çou Céquissi.







Minha irmã não gosta dessa foto, por isso tirei a cara dela e eu infelizmente não estou mais assim, bronzeada.

22 comentários:

Colombina disse...

Caraca...
akela sandália da Xuxa de plástico que cheiava a chiclete eh muito clássica!!!!!

Tive um treco dequeles. Coisa mais feia, meu deus!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Raposa disse...

Crianças são cruéis por natureza. A onda era me chamar de quatro olhos por ter sido o primeiro da turma a usar, e quando o apelido morreu, saí do nordeste e vim pro rio onde era chamado de baiano e cearense mesmo sendo paulista. Pra eles não fazia diferença.
Nha! vou deixar pra lá porque este assunto sempre me incomoda... meio que apaguei parte da memória e tentar puxar agora não vai fazer bem...

beijos

erika disse...

Bom...eu era a esquisita desde sempre. Aliás, até hj eu meio que sou. As crianças me evitavam e eu sofria aquelas coisas tipo..sei lá como chama 'búling". Fato, eu mudei de escola, mudei de influencias, cresci, mudei de cidade,e voltei nas férias. O menininho que me esnobava desde a terceira série me cantou e eu clássicamente mandei um "bababeibe" (nossa q brega!) .
A vida é assim..quando eu ouço a frase : "nossa como vc cresceu" eu respondo logo : "é...a vida é assim, as pessoas crescem as vezes se reproduzem e sempre morrem."

Ana P. disse...

Xuxu, se eu colocar minhas fotos de quando criança e de hoje, vc vai falar "que aconteceu com essa pobre criança, foi um acidente que deixou ela assim????"

HAUHAUHAUHAUHAUHUAHAUHAUHAUHUAHUAA!!

Crianças são estúpidas.

Diferentes Prismas disse...

minha história é contraria, quando muleque até que eu era bonitinho pegava as menininhas do colegio, coisa e talllss, daí cresci o cabelo caiu, a barba já está ficando branca não sei porque, quer dizer até sei, mas não estou aceitando muito bem, estou tentando juntar uma grana e mudar o 3x4, hahahahah tá phoda me ver todos os dias.


um BJAO em cada banda

Beatrix Kiddo! disse...

Eu sou carioca, que passei uns tempos (6 anos) em Natal e quando voltei pro Rio, era a paraíba, né?
Muita raiva desse sotaque maldito, mas depois de 1 ano de volta já estava com meu carioquês com muitos /x/.

E você é muito bonita.

(inveja mode on)

Mariana Fernandes Lixa disse...

Nossa, eu sou A traumatizada por brincadeirinhas de criança. Sempre fui a balofinha, a rolha de poço do colégio... Já pude dar o fora em quem me sacaneava...

Mariana Fernandes Lixa disse...

Nossa, eu sou A traumatizada por brincadeirinhas de criança. Sempre fui a balofinha, a rolha de poço do colégio... Já pude dar o fora em quem me sacaneava...

Andarilho disse...

Huahuahuah, Bocão da Royal é a melhor. Posso te chamar assim de agora em diante? Brincadeirinha... =D

Thita disse...

nossa... eu era a formiguinha atômica (note que nem era formiga, era formiguinha mesmo), nanica, pintora de rodapé, etc... e o pior é que nem cresci... continuo pequena, mas muito feliz e bem resolvida com meus 1 metro e 50 centimetros... huahuahuahua

E vc é muito bonita!!

Mme. Eni Gma disse...

aaahh tu era gatinha qdo era criança vá... esses moleques hoje tenho certeza que a maioria virou emo bichinha fresca com cabelo espichado e franjinha de "mamãe não vai ter neto"

e hoje em dia tu continua com o sorrisão bocão (lindo, diga-se de passagem).

um charme só nas poses. rsrsrs

beijossss xuxú. =*****

Ana Cláudia disse...

Eu tive vários apelidos crueis por ter sido uma menininha bem esquisitinha, e o pior, era apaixonada por um primo que não me dava a menor bola, daí saí do Rio, vim pra Sampa, alguns anos depois o fedelho não veio atrás de mim cheio de conversinha mole.

denisd disse...

Hehehehe Mundança radical meeeesmo...rs

Robson Arruda disse...

Ser criança é fogo/foda mesmo. Eu vivia sendo chacotado por ser gordinho quando menor, fora outros apelidos nada finos... acho que por isso criei um bloqueio mental e nada lembro da minha infância O_O

Mas oia, morena linda que ficou ein! ;D Queria ter visto a cara do sem noção que te ignorou no passado e viu o mulherão de agora :P

Mosana disse...

hahahahahaha
eu era uma criança normal (eu acho)...
eu era muito esquentadinha.. muleque enchia o saco eu descia o braço.. e se me falasse apelidinho ou gracinha apanhava mais.. então apelidos não eram falados.. ehehheeh
qnd eu tinha 11 anos coloquei aparelho.. daquele tipo "freio de burro".. e falavam isso.. disco voador.. mas eu respondia com: po pelo menos meus dentes ficarão bonitos daqui um tempo.. já os seus..." ; essa resposta e alguns tabefes resolveram...
mas odeio apelidos, ainda mais os que debocham.. ensino meus filhos a respeitarem os amigos.. nao aceito que apelidem.. e condeno quem o faz..
Crianças..
Mas a sua pessoa "atual" foi a melhor resposta!
Aliás te achei bunitinha pequena.. essa gente que não tinha conhecimento suficiente pra notar!!!!
:*
kisses

Cristal - a louca. disse...

Colombina: Essa sandália era uó mesmo, mas a moda para criança sempre é, né?

Raposa: Faça isso mesmo, apague da memória hehehe.

Erika: é foda né? Eu era a anti social total, achava que tinha um cérebro superior e mal conseguia colocar uma "perninha no a" meu complexo de superioridade já vem desde sempre hehehehe. Sobre o bababeibe é brega, mas faz um puta bem para a auto estima.

Ana P: "Colocaram fogo e apagaram com tijolada"? hahahaha, toda criança é esquisita pelo visto hehehe.

Diferentes: Também sei como é isso, eu era gostosa e fiquei gorda, pior que na época que eu era gostosa nem sabia como aproveitar isso... Sobre ficar careca, acho MARA! Pra mim nenhum homem deveria ter mais de dois centímetros de cabelo ;)

Beatrix: tem essa parada de paraíba né? Sacanagem... e foto engana fia hehehe.

Mariana: Eu já fiquei gorda depois de velha e sobre apelidos, a gente se vinga deles, sempre.

Andarilho: Pode sim. Meu cu. hahahah, sem problemas, se eu fosse listar todos os meus apelidos meus dedos doeriam.

Thita: Tb não fiquei muito alta, mas tinha um tamanho razoável quando era criança rs. O importante é estar contente.

Eni: Viu meu cabelo? Se bem que eu não era um estrupício total, mas era bemk esquisita hahahaha. E a maioria virou viado, mas emo não que nóis já pé velho, né? Essa moda é nova hahahah. Eu tb acho meu sorriso legal hoje :) e as poses eram todas comédia. Um dia eu posto mais hahaha.

Ana: Quem nunca foi apaixonada por um primo qualquer? E depois eles ficam todos assim... assim, se engraçando.... hahahaha.


Denis: Espero que seja um elogio rs.

Robson: É foda né? Criança é um bicho cretino. A cara foi simplesmente impagável!!!!

Mosana: eu acho que tudo o que é "embutido" no cérebro infantil muitas vezes é carregado para a vida inteira. Vc faz bem com os seus filhos. Vc pode até ter ou colocar um apelido em alguém esse nem é o problema, o problema é a desqualificação!!!!
Eu tb me acho hoje em dia, mas na época eu preferia acreditar neles, hahahahahahahaha.

Beijundas ;)

Marazzo disse...

Vai ser bonita assim lá em casa.

May Cannady disse...

Esse seu "bronze"(gíria da vovó), é tão Rio ^^ ..
P.s: O seu cabelo da 1ª foto tá engraçado demais haha

Cristal - a louca. disse...

Marazzo: Que isso fio, vc me obriga a dar uma resposta a altura. Qual seu endereço? rs.

May: Se vc visse meu amarelume vc diria que é tão europeu hehehehe. Meu cabelo não ESTAVA engraçado ele ERA engraçado hahahahahaha.

Beijundas ^^

Thiago Apenas disse...

Rapaz... eu ia!Se não fosse comprometido, claro.

Bju bocão, digo, Cristal!

star black, disse...

tipo, ainda sou a anti social, comofas ?
uu, a cristal é linda qe eu sei. ;D

Cristal - a louca. disse...

Thiago: tá com medo da namorada ler, né? hahahahaha. Tá eu sou implicante.

Star: Faz que nem eu, finge que é sociável.
sabe como? comofs/

rs

Beijundas ^^