terça-feira, julho 7

F.u.d.e.u.

A parada é a seguinte, eu enlouqueci semana passada. Surtei mesmo, de espumar pelo canto da boca e olhar insano. Falei tantos impropérios que me deu medo depois, faltou pouquíssimo para não sair tacando as coisas em cima das pessoas no trabalho, enquanto tentava arrancar seus olhos com pinças.

Isso tudo porque meu limite esgotou e estão me mendigando uma merreca de prêmio, tudo começou aí. Até que descambou para um pedido com todas as letras pra ser mandada embora, seguida de um olhar blasé por parte do meu diretor que falou não está satisfeita? Demita-se.

Rá.

Ta que eu até me demitiria se fosse o caso, mas eu quero taaaanto a graninha do meu FGTS, sabe,mas o lado incosequente está gritando pra fazer merda.

Sabe uma pessoa confusa? Sou eu. Eu gostava tanto desse emprego, mas tanto que é quase o fim de um casamento, e agora na minha cabeça está a parte da divisão dos bens. Ou me fodo mais, ou me fodo menos.

Não querem fazer acordo, não querem me mandar embora, não querem nada. E tipos criaram um ódio mortal contra minha pessoa, saca, inimigo? Sou eu o inimigo. Mas não o suficiente pra me mandarem embora, eles querem que eu saia assim: f.u.d.i.d.a.

Porque abri a boca pra dizer que ta tudo uma merda, que odeio o novo sistema e que nem quero mais permanecer no manicômio.
Meo, porque fui fazer isso? Porque tipos agora eu tenho a cruz na testa, marcando minha indolência.
Tenho duas alternativas, ou permaneço... sabendo que vou ter lamber as botas de belzebu toda hora que chego e saio, vão tirar meus clientes, me fuder a mente, me colocarem pra trabalhar no canto do banheiro, bebendo água de privada nos intervalos enquanto gritam coisas ininteligíveis, ou peço demissão.
Ainda posso tomar uma justa causa no cu.

Nenhuma das duas opções me enchem de tesão. Não tem mais conversê. Eu conheço meu gênio, sei que a empresa não quer perder um centavo com minha saída, mas ó, sério que ser macaco de realejo está me dando mais motivação que voltar pra lá.

Me ajudem pessoas, coloquem idéias estapafúrdias na minha mente, como escrever minha demissão numa folha de papel higiênico cagado e entregar, assim depois eu posso falar que a culpa é de vocês e não minha.

20 comentários:

Rê :) disse...

Bah... que situação. É uma merda mesmo. Eu acho que tu tem que fazer o possivel e o impossivel pra que eles te demitam, mas não fazer as coisas que te encaixem no justa causa, faz todo o resto, menos essas.
Bjos

Pris & Nilo disse...

Gatona,

Super entendo sua situação. Passei exatamente pelo mesmo no final do ano passado. O que fiz foi deixar a MINHA presença insuportável dentro da Empresa. Era escrota com os colegas. Escrota com o chefe. Lei do mínimo esforço. Ficava no telefone. Era o máximo improdutiva possível. Jogava papel higiênico molhado no teto do banheiro. Roubava rolos de papel higiênico. Não deram dois meses, e o meu aviso prévio estava sobre a minha mesa. Pq não é só seu lindo FGTS q vai ficar bloqueado, seu seguro desemprego também vai pro saco. Coragem! Seja VOCÊ a situação insustentável, não a Empresa!

Beijoca.

Luna Sanchez disse...

Cristal,

Falando sério : a gente até suporta por algum tempo, ficar na sucursal do inferno. Pelo que vejo, teu tempo já deu.

Não adianta achar que dá pra levar, depois que a coisa chega a um ponto desses. Tu falou o que sentia, está esgotada, isso não tem volta.

O que eu faria : tentaria, de novo, um acordo, mas, dessa vez, com bastante educação (por mais que me desse nojo, sabe?). Se não fosse possível, pediria demissão, sim.

De que adianta ficar mais tempo por aí, até ser demitida, e ter que gastar o FGTS em calmantes e terapia, hein, hein?

Beijos,

ℓυηα

JM disse...

Hummm

Não sei...

Tô a 2 meses sem receber creio que não sou a melhor pessoa para dar conselhos !

Saudades...

Beijotas !

Andarilho disse...

Passa o dia procurando um emprego novo. Depois se demite. E esquece o FGTS, se os caras tão fulos mesmo, de pirraça eles não vão te demitir.

Jadder disse...

Vejo algumas alternativas(tú que pediu hein,lembre-se disso!):

Se a idéia é ser mandada embora, por justa causa, faça por merecer: Entre na sala do chefe, calmamente, dê uma leve piscadela e diga: os banheiros estão todos ocupados(vá de saia nesse dia e coma somente coisas "bufantes" no dia anterior!); abaixe na lata de lixo dele e largue aquele barro, depois tu diz: ups, jurava que era apenas o nº 1!

Mas pensando bem, a idéia da Pris...é bem melhor!!! Jogue alguns "babadões" no ventilador ligado que devem gerar algum resultado, ou quem sabe, um óleo de rícino no bebedouro!

afago...mas lava a mão antes!

i ILÓGICO disse...

só o amor constrói....kkkkkkkkkkkkk
cara... já deu o que tinha que dar... se vira, você não é quadradada. paixão? você arruma outra?

Dani (ela) disse...

do mesmo jeito que odeia, é odiada. e se tu se fizer de manca, sai. garanto. já fui gerente...

não dê motivo para justa causa. se encosta, seja tipo um colega ou outro funcionário que já viu que a galera 'lá de cima' odÍa.

hmmm, compRicadU isso...

Mme. Eni Gma disse...

cara, eu NUNCA recebi um acerto decente de trabalho, seguro desemprego ou um bom FGTS, sempre sou eu quem pede as contas... então tu imagina. fato é que canso muito fácil dos trampos, dos chatos... e como eu tenho uma ENORME sorte para trabalho... enfim, acaba tudo igual, eu FUGINDO do serviço, de não passar nem na frente da porta, ou qdo isso acontece passo me benzendo e fazendo sinal da cruz.

então o que eu aconselharia seria isso mesmo, se vc estiver de SACO CHEIO, estufe o peito, chegue para o seu chefe e diga: A PARTIR DE AMANHÃ NÃO VENHO MAIS, ESTOU DE BYE BYE.
mas eu acredito que, no seu caso, não tenha essa necessidade toda.

como faz tempo que tu trabalha ai a graninha não deve ser de se jogar fora, tem que esperar eles te demitirem, não tem jeito. se o caso for de vc não estar aguentando mais, ai nêga, toca o foda-se mesmo. é uma merda ficar se matando a vida toda, ou pelo menos uma boa parte dela num mesmo serviço que não te dê, sei lá, uma chance para crescer, nem que seja dentro da própria empresa.
mas o certo é sair deste trampo qdo já estiver outro em vista, ou quase engatilhado já, ai sim, pede as contas e seja feliz, caso contrário segura as pontas mais um tiquinho frô, já empurramos as coisas tantas vezes com a barriga, não custa continuar só mais um pouquinho.

e já sabe, se saires mesmo, tire uns diazinhos de folga VEM PRA CÁ!!!!!! =D

beijos, amocê.
saudade á pencas.

=********

Mag disse...

dá pra te ajudar não, Cristal. Tô de férias, amo meu trabalho e tô feliz pra caramba.(uahauahuahau....)

Brincadeirinha, calma, amiga,rs....

Alegrias (in)cabíveis de uma pessoa que tem/está de férias.

E tá feliz.

Ops, foi mal !

Beijos

Dani disse...

Eu concordo com a enviada do capeta aí em cima... Seja você o cão... Tira licença médica, o cacete... Mas não perde sua grana não...
Boa sorte!

DESASSOSSEGADA disse...

Cristal nao se demita ... vai la finge que trabalha... vai um dia falta no outro pega atestado medico produza cada vez menos se torne um peso morto na empresa assim eles te dao as contas ... pq se nao querem gastar o rico dinheirinho deles com a sua saida... com ctza nao vão querer gastar com alguem que nao produz...

Pelo menos uma vez funcionou comigo

Bjundas e sorte

Cristal - a louca. disse...

Rê: Eu quero ver eu ter paciência para isso!

Pris: Caráaaaai véi. Ainda bem que não trabalhava com vc, caguei no maiô de tanto rir do seu coment, sério que essa do papel, nem eu imaginei rs.

Luna: Muito edificante seu coment, mas meu FGTS queria mesmo era gastar na manguaça sabe? Já fui educada, já fiz de um tudo, mas vamos levando...

JM: Porra João, que merda ein! Por isso nunca mais me convidou para uma cerva né? Boa Sorte aê amigo, saudades tb.

Andarilho: Quem disse que eu quero emprego novo? ein ein ein? rs
Pirraça? Meu que coisa de criança rs.

Jadder: Sabe que não teria coragem né? Mas só de imaginar a cena, ri horrores!

Ilógico: Cara, eu sou quadrada, paixão? estou bem obrigado. ^^

Dani: Mas eu sou amada. Ninguém me odeia. Ráaaaaa. Isso foi a piada. Já sou manca, nem precisaria me fingir rs, ninguém me mandou embora por isso...

Eni: Fia, que saudades, vc está nos meus planos honney, assim que me derem o pé aqui estamos juntas e misturadas ein. Sò mais um pouquinho... eu vou aguentar, mas vc sabe que paciência é um dom que nem possuo.

Mag: Favor me deixar em paz kkkkkkk.
Nem te invejo porque meu sonho mesmo era não ter emprego nenhum, ser rica.
Mas ó fico feliz por ti rs.

Dani: Eu sou tão irritante quando quero ser, que se eles soubessem, não fariam isso..... rs

Beijundas ^^

Kass disse...

Já tentou fazer acordo se oferecendo para depositar os 40% (no caso eles descontariam de vc)??? Tirando isso, único jeito é se tornar um peso morto, como já disseram acima, porém cuidado para não ultrapassar o limite da justa causa. Atestado médico de 10 dias (sempre inferior a 15, não quer INSS né), não falte pois pode gerar advertência, saia da sua mesa para ir ao banheiro várias vezes ao dia, espalhe pela empresa que quer engravidar (grávidas são o terror para os empregadores). Se estão com birra, vc não será demitida nem que banque a doida varrida e ande com uma faca por todo lugar (mamãe, empregadora, já teve muita birra e geralmente o cara pedia arrego), patrão é f***. Por último, vá a um terreiro, faço um belo trabalho para amarrar seu chefe e ganhar na Sena. Abraços

Amanda disse...

É por isso que eu digo que o sadomasoquismo salva.
Se você tivesse um pouquinho disso ia gostar de ficar no canto do banheiro, bebendo agua da privada e sento pisada por um salto 12.

Pris Lopes disse...

Ih, cara.. tinha esquecido do lance do atestado médico.. não pode faltar!! E olha q eu tenho uma amiga q trabalha em consultório médico e me deu um bloquinho todo carimbado e assinado, é só 'compretar'! Te empresto alguns se vc quiser. Sérião.

Esse lance de gravidez tb é o máximo, tinha esquecido. Faz isso. cer-te-za q te mandam embora.

E o lance da pole dance, adoro..

E o caguei no maiô?? hahahha, passo mal.

: **

Natie disse...

Nunca falte + de 10 dias com atestado pq como nossa amiga falou depois de 15 dias é INSS.

Nunca falte mais de 3 dias sem atestado, pois poderá ser enquadrada em abandono de emprego e dá justa causa.

Nada de novo poara te propor. Tenta o lance que a garotinha lá em cima te falou de tentar acordo again e pedir para eles descontarem a guia da tua rescisão.

Se não der certo, vira uma planta, uma samambaia, não faça nada. Passe o dia fumando, acessando a internet, bebendo café e espalhar o boato da gravidez também ajuda.

Pesquise na internet tudo o que pode te enquadrar em justa causa. Faz tudo menos isso. Faço do trabalho seu lar. Faça durante o expediente tudo o que te dá prazer. Só não enfia o pé na jaca durante o expediente ou faça sexo na mesa, diante de seus colegas de trabalho.
Enquanto vc estiver frequentando a empresa, independente de produzir ou não eles terão que pagar o seu salário. Pensa, vou vai receber seu salário apra tomar café, fumar e acessar a internet. Pode não ser tão ruim assim. Pelo menos por um tempo.

Kass disse...

Levando em consideração que ela é comissionada, não fazer nada pode ser problema, miséria no fim do mês. Ficar vegetando é desídia, se reiterada configura falta grave, o segredo é não repetir os erros, doses homeopáticas, pare depois da advertência escrita, hehehehe. Verifique o artigo 482 da CLT e use como o seu manual do que não fazer e boa sorte.

Pimenta disse...

Cristal, vc sabe criar clima de desconforto?!
A cristalzinha linda e inocente ganhou aquela aposta e depois disso a situação ficou insustentável, porque sertá?
Diz que o patrãozinho tinha interesses escusos de embebedar a funcionária e assedia-la sexualmente!!AHAHAHAHA
Quem sabe o que se esconde no coração dos homens?O sombra sabe!
Quer?A gente espalha o boato...
E ele só não te demite porque tem interesses em você, que é linda e vitaminada.Tens o mail da mulher dele?rsrs,que conselho malvado e enlouquecido,só podia ter saído daqui.Pediu o conselho,recebeu!
Bjos, se precisar de mais insanidade,me chama,tenho uma coleção ao seu dispor.

Rosangela disse...

Já ouviu falar em Rescisão Indireta - Por culpa do empregador? Tá na CLT. Você pode sair do emprego e entrar na justiça para ter seus direitos porque a culpa de sua saída foi do patrão (assédio moral, inclusive) e não sua. Olha esse link que encontrei: http://www.guiatrabalhista.com.br/tematicas/despedida_indireta.htm

No google tem mais. Boa sorte!