quinta-feira, novembro 26

Queisso!

Gente, tô começando a respeitar firmemente quem trabalha em shoping porque tô de um jeito que acordo com os pés insensíveis, inchados e uma vontade tremenda de nunca mais ir trabalhar. Isso porque tenho uns dez dias de emprego. Serião que se começar a aparecer umas varizes eu nem vou estranhar.

O tempo no shoping é uma coisa paralela, dentro da loja você nunca sabe se lá fora é dia, noite, madrugada, se chove ou se está sol.

É desumano colocar as pessoas pra trabalhar sem uma baqueta pro miserável descansar quando está sem movimento, depois da sexta hora trabalhando eu me apoio em qualquer coisa que esteja ao meu alcance, uma lata de lixo, uma vassoura esquecida, um armário de vidro... qualquer coisa é o suficiente pra eu tentar escorar meu pobre corpo cansado.
Como estou indo trabalhar sem salto alto (ráaaaa, quem vai trabalhar no shoping de salto só pode ser masoquista) as minhas duas calças pretas sociais (cof cof cof) arrastam no chão, então só tenho praticamente uma calça, que todos os dias quando chego em casa tenho que lavar porque ninguém merece usar uma calça com cheiro de bunda suada. Aí vocês imaginam que a pessoa nasceu pra ser corna. Chega em casa cansada lava calça, lava blusa, coloca pra secar pra usar no outro dia.

Sequer tenho coragem de namorar vitrine, quando é minha "hora de almoço" arrumo qualquer lugar pra sentar, fumo esganiçadamente uns três cigarros pra aguentar o que vem, enquanto faço riscos no meu chinelo havaiana igual presidiário pra marcar os dias que faltam pra enfim receber e acabar meu contrato.

Não tenho problemas pra trabalhar em pé, mas o foda é ter que ficar parada! Paradinha dentro de um espaço que num deve ter dois metros quadrados, e nem pode levar um livrinho pra passar os zoio quando não tem ninguém, aliás não pode nada, celular não pode, beber água pode, mas a água fica uns dois quilômetros aí você começa a pensar o que é melhor gangrena nos pés ou morrer de sede.

E sem dinheiro pra almoçar, porque a mocinha da agência deposita sua passagem e seu papá, mas seu banco negativo come tudo esfomeado como uma criança da Somália, não deixando nem um centavo pra mim. E isso até o final da semana que vem, quando enfim meu banco estará (assim espero) coberto. Enquanto isso não tenho dois reais a mais para voltar sentada em um ônibus com ar condicionado.

E ainda por cima tenho que tomar um banho de arruda quando chego em casa porque impressionantemente ainda tem gente que coloca olho gordo na minha vida.

30 comentários:

Dani disse...

Trabalhar em shopping parece trabalho escravo...Canta e dança cada um no seu quadrado. E haja arruda e sal grosso... e the secrets rs
Abraço

Beatriz disse...

É irmã... Não é mole não!
Mais é dessa vida que eu gosto! Na verdade Adoro! Cada um no seu quadrado!!!
Acho vc louca por adorar pressão e vc o que acha de mim? Não precisa responder não!rs
Amo vc muito!
E realmente não esqueça do Sal Grosso!
Bjus

Danilo Prates disse...

eu entendo bem. vim pra londres virar garçom e respeito cada vez mais os garçons, agora =)

Ana Paula disse...

hahaha, vc me faz rir com seus posts. Não que eu esteja rindo da sua vida de em pé sem fumar sem $$ e sem um banquinho (nem um violão). Mas o seu jeito de escrever é ótimo.
Bjos

Oksana disse...

Carai, a falta de uma banqueta é realmente incompreensível! Ô Cristal, não rola fazer uma barra de fita crepe nessas suas calças pretas sociais (cof cof)? Pelo menos poupa o trampo de ter que lavar a mesma todo dia!
O lado bom é que vc está bem longe do fundo do poço (o pessoal que chega lá não se importa com o cheiro de bunda suada).
E olho gordo, putaquepariu, infelizmente sempre tem um fidaputa que consegue invejar nem que seja a sua capacidade de sobrevivência.
Dá-lhe arruda!

Nara Andrade disse...

êeeeeita lelê. Shopping escravisa. Mas você conta de uma forma engraçada e dolorida e acabada me fazendo rir. Espero que já possa descançar. Beijos!

Nana de SouZa disse...

Filhotaaaaa

Trabalhei numa loja (C&A, falo mesmo...) em época de fim de ano. Temporário. Gatan, pense que eu fiquei um saco de ossos com um quilos de olheiras na cara.

Muitoooo louco a maratona pra galera que trabalha em shopping. Fora a saudade da turma que eu trabalhava, não sinto a menor falta daquele lugar que sugava minhas energias vitais, Fato.

Eu não reclamava pelo fato de trabalhar, pq gosto de trabalhar. O problema é que algumas condições eram sub-humanas.

Já disse pra vc vir a Salvador. A gente faz um belo banho de arruda. O convite ainda tá de pé viu?
Cheirooooooo no cangote

Nana de SouZa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Desabafando disse...

Imagino que não seja fácil mesmo...nunca tinha parado pra pensar nisso...mas continue adiante, que uma hora tudo melhora.

Desabafando disse...

Imagino que não seja fácil mesmo...nunca tinha parado pra pensar nisso...mas continue adiante, que uma hora tudo melhora.

Andarilho disse...

Mas que merda, hein.

Marcelo Mayer disse...

eu não posso reclamar, não. trabalhar na fnac e na livraria cultura foram duas coisas das quais me arrependo de ter saido
hehhhe

Fernanda disse...

é, cristal.

mas ó, o importante é não perder o glamour.

cof.

Blog disse...

xávida, eu q acho minha vida cruel, percebo q tnho companhia...

Diferentes Prismas disse...

como você disse ainda tem gente, que diz, "gostaria de levar a vida que essa moça leva" kkkkkkk

mas a grama do jardim do vizinho é sempre mais verde.....!! todo mundo olha o sapato que uso, mas ninguém vê o calo que tenho para consegui-lo kkkkkk



um bjão em cada banda

Edilson disse...

PATA Q PAREOOOOOOOOOOO....RS..BJAO.

D. Strudel disse...

arruda e sal grosso filha!!!

Maria Bonita da Penha. disse...

Já trabalhei em shopping.
É uó.
Fora ter que ficar aguentando gente grossa.
Preferia estar no meio de um monte de bicho. rs.

Mas bebe...bebe que passa!

bjooooo Cristallllllll

Anônimo disse...

Já trabalhei nas mesmas condições em um quiosque de loja por 5 meses!!
Eu ia no banheiro abaixava a tampa da privada pra descansar alguns segundos (fica a dica).

Se serve de consolo em 2 semanas e meia o corpo e os pés estavam calejados e suportável ficar as 8hs em pé.

Luna Sanchez disse...

Quem manda ter olhos verdes e ser gostosona? Agora aguenta a inveja. ¬¬

Beijo, Cristal. Gosto de ti, tu sabe, né? Quero que as coisas melhorem, viu?

ℓυηα

Hércules disse...

Sei lá ... Mas me parece q vc tem que mudar de casa ... cof, cof

Mulheres Neura disse...

Cristal

tem bantagem trabalhar em shopping em pé o dia inteiro...

a perna fica grossa e a bunda dura uhahuhuahuaahuahuh

beijos

(olha teu e-mail)

Priscila Zanutti disse...

Ô! mulher, isso não é vida...é sobrevida. Eu antes de ser doida era professora primária e te digo é ducaraio também, pode até sentar,mas sempre te chamam e brigam e blablabla isso quando não tem que fugir de bala perdida. Viver é uma arte...

Assim que o documento q tenho que buscar na Barra ficar pronto te aviso se quiser companhia para um chops no shops

i ILÓGICO disse...

puts! que mérda! mas vc é mais foda que tudo isto!já, já passa essa zica...

Priscila Zanutti disse...

Passa lá no meu blog e pega um questionario que respondi, garanto que vai te distrair, suas respostas com certeza serão ótimas... Bjs

Nat, disse...

menina, que labuta é essa, hein? Jisuis cruz credo avemaria...
To sumida pq to sem internet em casa, foda! Da uma passada no orkut. Coloquei fotos da casa nova (zona rural, rsrs!) beijus!

Jotapê disse...

Pô, Cristal... o esquema tá pesado por aí então.


Continua lendo "The Secrets", pode ser que dê certo. Basta mentalizar! hahaha


Hasta

Blog da Fatima disse...

Cristalzinha minha filha!! Sei bem o que é isso, já trabalhei mtooo em pé, caminahndo, vendendo produto de porta em porta!! Num é "fácir" não!! mas pensa pelo lado positivo, tu pode ficar cuidando os gatinhos que passam, vá que numa dessas tu arruma um namorado!! (se estiver sem é claro, mas se tiver com, tbem não faz mal rsrsrs).
Bom findi

Bjos no ♥

Idiota disse...

Puta que pariu, hein? Te dedico, fia!
Meu blog é o retrato da sua vida, kkkkk

http://cagadadeurubu.blogspot.com

Maria Bonita da Penha. disse...

Cristaaaal...eu sei q o stress dv estar enoooorme...mas num abandona a gt assim nãoooo....apareçaaaaa!!!!