quarta-feira, dezembro 16

O doido do churrasco.

Você chega próxima a sua residência morta de cansaço, seu sapato está furando, e tudo que você pensa é em churrasquinho pra aplacar sua fome mortal.

Tava eu na boa, discutindo altas coisas filosóficas e estressantes no telefone quando um bêbado começa a cantar algo ininteligível na mesa do lado e claro eu cagando para a companhia do bebum e continuo me emputecendo no telefone que meu emputecimento é uma coisa conhecida internacionalmente, principalmente a minha capacidade de emputecer com facilidade absurda, então imaginem eu puta e o bêbado cantando e cantando...

A ligação terminou e fiquei olhando para o cara até que percebi que ele era doente da cachola, devia ter um leve retardo qualquer, e cantava e cantava feliz por estar na rua bebendo uma coca cola. Comecei a relaxar porque é sacanagem você ficar puta com alguém que tá cantando tão feliz. E tão feliz por beber uma coca. Ele tinha uns 30 anos e tinha um casal de idosos que descobri serem seus pais.

Aí aconteceu a coisa que mudou minha noite.... meu garfo de plástico quebrou no meio do churrasco e voou farofa pra tudo quanto era lado, eu faço uma cara de “PUTAQUEPARIU ERA SÓ O QUE ME FALTAVA!!!” e o doido apontou pra mim e começou a rir, mas ria tanto, tanto que me contaminou e comecei a rir também, e ele ria e ria, e eu também e a gente gargalhava e quando ele parou de rir, me perguntou “você tá jantando, você tá jantando, você tá jantando, você tá jantando?” (assim mesmo várias vezes) e eu: Tô sim. E ele começou a cantar “olha a roda, roda roda, olha pé pé pé” e eu tipos, achando que estava em um filme muito doido...

Começou a tocar uma música dos anos oitenta e ele levantou e começou a dançar, e dançando felizão e os pais dando mó apoio, tipos “dancaê Fulano” daqui a pouco ele se senta e pergunta se eu durmo de luz acesa. Eu disse que sim e mesmo isso sendo uma puta mentira parece que ele ficou feliz com a resposta, perguntou onde eu morava e quando apontei o prédio, ele falou VOCÊ É MINHA VIZINHA! MORO NO NÚMERO TAL!!!! E começou a falar várias coisas desconexas sobre o Augusto aposentado e Gabriela linda ela (oi?).

E perguntou váaaaaaarias vezes se eu trabalhava. Eu respondi que sim e mantivemos um diálogo meio doido onde nada fazia absolutamente sentido.
Quando eu chamei o cara do churrasco e mandei pendurar,o doido queria saber o que era pendurar e eu falei que era pra pagar depois porque estava sem dinheiro. E aí veio a cereja do meu bolo quando ele muito estupefado falou “você trabalha, então porque tá sem dinheiro?”


Falei: amigão isso é uma longa história.....

Ele voltou a cantar “olha a roda roda” eu me despedi dele e dos pais e depois fiquei pensando, ó que cara feliz, dança a hora que quer, fala com estranhos sem medo, acha coca cola o máximo, não entende como alguém que trabalha pode estar sem dinheiro.... só posso chegar a conclusão que a retardada sou eu.

Não consegui ficar puta depois disso e não vou colocar nenhuma moral da história bonitinha porque ela não existe, mas sinceramente cheguei em casa pensando como complicamos coisas simples, na tentativa vã de dar sentido as coisas quando na verdade o grande barato é que nada faz sentido.

25 comentários:

Andarilho disse...

É o que eu digo, quanto mais "inteligente", mais infeliz vc é.

Ro disse...

Cristal vou te contar um segredo , eu sou feliz.E dedico isso á minha falta de memória.Eu esqueço tudo ,inclusive o porque eu estava puta a 5 minutos.Então pode xingar , pisar , esculachar , trair , magoar que é só passar uma borboleta ou uma música no rádio do carro do lado que eu me distraio e pronto.Tô feliz de novo.O doido te fez esquecer teus perrengues e naquele espaço de tempó você foi feliz.É por isso que a gente é mais feliz quando bebe, esquecer é tudo , minha filha.Principalmente esquecer o numero de doses que já tomou.Bjs.

Maria Bonita da Penha. disse...

puta que pariu....sensacional.
em todos os sentidos!

Não leve o personagem pra cama disse...

hahaha, ainda estou tentando absorver o último parágrafo, bem bolado viu fia!

mariana disse...

puta que pariu....sensacional. [2]

hahahaha! Isso me fez parar pra pensar tbm...

Driks disse...

kkkkkkk por isso que eu bebo e esqueco tudo o que me faz mal...foda é quando acordo...
Legal isso que aconteceu com voce,alguma licao tirou com certeza.
bjk

Tiburciana disse...

Realmente é a gente que procura o pelo no ovo
Bjos

Desabafando disse...

kkkkkkkkk....é cada coisa que te acontece...mas gostei da sua conclusão.

Bruna! (fatorial) disse...

as vezes eu penso que, se tem alguém ou algo regendo nossas vidas, esse cara gosta é de colocar pessoas como esse homem do seu churrasco pra gente dar uma acordada.

e ele faz muito bem.

Mulheres Neura disse...

quem disse que na loucura nao tem sanidade? olha a roda roda roda, olha o pé pé pé...

Krol disse...

Porra.... sem moralzinha de historia, mas nem precisa né?!!! Essa historia de "Nada faz sem sentido" é algo me deixa pensando... daki a pouco de tanto pensar nisso vou ficar igual o doido... rsrs Enfim... Emputecer-se pq??? né?!!! Bjunda

Marcelo Mayer disse...

the lunatic is on the grass

Edilson disse...

Querida Cristal:

Adorei o texto, sempre divertida e ácida. Bjão e tudo de bom pra ti, boas festas e um 2010 fodástico. Bjsss
www.lua2gatos.blogspot.com

Luna Sanchez disse...

O cara é uma criança grande, né, gata? E as crianças, a gente sabe, são felizes porque são inocentes.

Bacana esse relato, adorei a parte em que as risadas começaram. ^^

Beijos,

ℓυηα

Fernanda disse...

verdade.


feliz é esse cara. A gente é um bando de iludido.

i ILÓGICO disse...

adorei! cara vc é uma pessoa pra se admirar!

D. Strudel disse...

Eu não curto malucos! Mas certamenta a ignorância é uma benção!
Ser inteligente é uma maldição... e vamos para o inferno, mas na boa entre ser ignorante ou ir pro inferno topo o inferno! Até pq não tenho mais opção!

ui olha ela!!! rs

Lb disse...

CArai, as vezes queria ser assim, poko me fude pros otros!
ja que no fim eles sempre tao me fudendo mermo...
blog massa o teu
ja to seguindo

~.Yuki.♥ disse...

Hahhahahahahha, morri de rir com o House (fanzona)

Hahahahahaha, morri de rir com o doidinho (fanzona)???

Diu Mota disse...

É...coisas que não fazem sentido nenhum nenhum nenhum, mas fazem a sentir.
Inté

Priscila Zanutti disse...

Linda, amei a visitinha no blog. Olha, vou lá depois do natal, é que a porra do 13º acabou porque consertei a tv que pifou...E pobre fu e sem tv é a total decadência, mas vou receber uma merrequinha de um treco que vendi e vou lá te ver, bater um papo, tomar uma cerveja... Bjs
Ah! Vou te levar um presentinho também, afinal o próximo ano tem que ser melhor, e nada melhor do que ganhar presentes...Não acha?

FERNANDO disse...

PutaQuePariu! Com certeza! Quanto mais inteligente se é, mais infeliz também! Mas isso pode ser revertido com o tempo (mantendo a inteligência, é claro). Cristal, teu blog é phoda! Beijos!

Juliana Dias disse...

MUito legal o texto. Realmente complicamos coisas simples. Tem gente que sofre muito mais que a gente e encara na boa.

Gostei do seu blog. Estou seguindo!

Pedro Carneiro Jr. disse...

Definitivamente muito bom!!! Vim do entojo para seu blog... li "quase" todos os textos mas esse é incomparável...“você trabalha, então porque tá sem dinheiro?”

olha a roda roda, rsrs Perfeito!

Victor Gouvêa disse...

Nossa Cristal, fazia tempo que eu não comentava. Mas meu, que parágrafo sensacional o penúltimo. Conclusões freudianas que nem Içami Tiba ousou fazer. Adorei de coração.

=*