terça-feira, maio 25

Eu quero a minha mãe!

Agora!

Quero fugir para as montanhas, meus clientes não me deixam em paz, eu erro, eles erram, a gente se fode, cancela tudo, pra cada 15 vendas 27 dá pra problema.
Eu gosto do meu trabalho, mas putaquepariu, quero um momento de paz por dia, dez minutos para escovar os dentes, dois minutos pra pegar um café.
Poder olhar para o computador e não ter mais 10 mil emails enquanto os outros 15mil anteriores terem sido solucionados, sair na hora certa...

Pronto, desabafei.

3 comentários:

Lua Nova disse...

rsrsrsr... calma, bb... às vezes dá vontade de sumir, mas logo passa. E vc parece dinâmica demais, intensa demais, espirituosa demais, agitada demais pra ter uma vida numa casinha de campo vendo as vaquinhas pastarem.
Gostei do desabafo e de vc. Passe no meu blog pra tomar um chocolate comigo.
Beijos e uma semana proveitosa e feliz.

Gerundino disse...

me leva junto.. eu fico no sofá.

BETA disse...

Menina, estão te arrancando o couro, né não?
Ossos do ofício...trabalhar com vendas é isso.
Ou ficar de pé vendendo relógio no shops.
Beijocas!