segunda-feira, dezembro 13

Antigamente nem sempre era bom.

Antigamente achava que só seria feliz quando tivesse corpo de miss, meodeols, quanta fome eu passei e nunca fui miss, depois achei que melhor mesmo era tentar mudar meu corpo, claro que também não consegui como queria, diminuir peitos e cinturas, aumentar bundas? Nada disso é tão fácil assim.
Hoje me contento somente em ser uma versão melhor de mim, um corpo melhor, mas melhor meu, não o melhor da tv.
Antigamente fazia dietas malucas de Natal, para ficar bonita na foto sabe? Passava fome um mês, colocava uma roupa de festa que nada parecia comigo e sorria mecanicamente para as fotos, não é por nada que as piores fotos minhas são dessa época.

Hoje? Compro um vestido que caiba, bonito e confortável, de preferência solto, tipo maxxi dress, combina muito mais comigo, e uso até cores quem diria! Parei de me esconder atrás das roupas, largas batas pretas, minhas pernas tem vasinhos, mas tem pernas ali tb, pernas que andam de salto, que se equilibram nos ônibus, que andam para lá e para cá, pernas minhas, e tem celulite também, uma pequena porçãozinha delas que se amontoam tais como amigas fofoqueiras, elas estão ali apesar das massagens e das dietas, e coloco-as para ver um pouco do sol de vez em quando em vestidinhos soltos de verão.

Antigamente eu me achava feia, vivia de cabelos presos, muito pretos, não sorria, complexo da boca grande saca? Hoje quando vejo... ah era feia mesmo, verdade seja dita, acho que melhorei depois que comecei a sorrir, ir a praia pegar uma cor, fazer amigos menos depressivos que eu.

Antigamente eu roía as unhas, não ligava para as sobrancelhas, e como isso sim era importante, muito mais que roupas apertadas.
Aliás essa abandonei a tempos, tenho até alguns modelos justos, ou “a conta” mas calças 44 com corpo 46? Nunca mais. Meu tamanho é o meu tamanho, não é exatamente o tamanho das roupas que visto, ficar toda marcada pra dizer que veste 42? Mentindo para si mesma? Me poupe.

Sou vaidosa sim, nunca quis ser gordinha, mas desde que comecei a me vestir como eu, esqueci que era gordinha e fiquei tão bonitinha, camisas de botão, cintos grandes e bonitos, vestidos soltos e calças acinturadas.
Antigamente eu me escondia, e achava bonito vestir preto, porque preto emagrece.
Antigamente achava bonito fumar, beber até cair, falar mal das pessoas.
Antigamente me maquiava feito um pavão, achava que sombras metálicas e escuras eram pra usar de dia e base ah base é pra passar na cara... com 23 anos???? Me poupem né? Cogitei até um anti idade, vejam só, ficar velha não é legal.
Eu sei, não tenho corpo de miss, mas nunca tive, como posso sentir falta de algo que nunca tive?
E amar é legal, amar muito. E peidar e sair correndo de perto do namorado é divertido. Amor certinho não existe. Desiluda-se.

Emagreci não sei quantos quilos modificando hábitos ruins, como comer rápido e o famoso “comer para não chorar” o resto foi só ajuste.
Eu tenho 25 anos, meus peitos são tortos, tenho um monte de cicatrizes pelo corpo e de vez em quando minha virilha fica cabeluda, um mal tão irremediável nos dias de hoje.
E sentem-se para não cair, eu tenho chulé.
É, chulé mesmo, não é aquele cheirinho de suor que fica no pé, é chulé de ter que trocar de sapato sempre, de usar sapato de couro sem meia, aquele chulém do mal que tem que tacar talco pra ninguém confundir o sapato com um rato morto, mas quem diria que uma menina de olho verde seria uma chulezenta?
E eu queria ser tanta coisa de tão bonita, e fui ficando tão feia querendo ser bonita, alisei os cabelos adolescente, usei saias indecentes para parecer sensual, usava perfumes fortes para parecer sofisticada.

Não era nada disso, nem sei se hoje era o que gostaria de ser.
Larguei as plataformas para comprar melhores sapatos de couro, larguei inclusive os sapatos de plástico! Bolsa com motivos infantis nunca fizeram meu gênero, menos uma coisa para abandonar, comprei bons cintos e boas calças, comprei cor!!! E boas bolsas, porque um sapato e uma boa bolsa muda tudo, comprei colônias que combinavam mais comigo do que aqueles cheiro de vós de perfumes importados fora de moda.
Brincos? Ah boas argolas de prata, penduricalhos baratos sem cara de pobre, batons coloridos, máscara para cílios, sapatilhas, ah as sapatilhas, uma mulher que sabe ficar elegante de sapatilha o saberá em um scarpin.

Uma mulher que se aceita, não como gorda ou magra, alta ou baixa, mas sabendo como ela é exatamente, da pinta em cima da boca, ao joanete, se valorizará, será bonita e elegante, independente de trajes ou tamanhos.
Quando você aprender a se olhar com seus olhos ah... tudo mudará. Pare de se olhar com os olhos dos outros, são todos meio cegos e míopes.
Desde que eu comecei a ser eu mesma, admiti que sou cafona e adoro ser cafona, cafona mesmo, sem senso estético, foda-se.

Ninguém compra minha roupa mesmo, melhor ser a excêntrica que a coitadinha. Nesse Natal não tem dieta de emergência, nem roupas que preciso emagrecer para caber, esse ano tem um vestido florido um cabelo curtinho, um sorriso, um prato de comida do tamanho certo, e não tem bebida, não tem choro e não tem nenhuma outra pessoa que gostaria de ser, a não ser.... eu mesma.

24 comentários:

Afrodite disse...

Em suma:vc aprendeu a se amar!
E isso não tem preço!
Eu tb me amo,e agora decidi me dar mais atenção,sabe?
Tá ótimo!!!!
Beijo!

Caru disse...

que delícia!!!!!!!

=]

Krollll disse...

Cristal ... mulhééééé...
Fikei passada!
Fikei azul Avatar!!!!! rsrs

Uma verdadeira lição do que é o amor próprio né?!?!
É isso aí!!!!

Parabéns!!!!
Um dia eu vou ser assim!!! kkkkkkk

BjOoOoO

Luciana Matos disse...

Ai Cristal, que texto ótimo de se ler!
Essa coisa de querer ser o que não se é não nos leva mesmo a lugar algum. Ou melhor leva sim, ao fundo do poço.
Eu te acho L.I.N.D.A (só pra constar)

Beijões!

Zulmira Coelho disse...

Cristal...

Tem séculos q não comento, mas continuo vindo aqui diariamente, e fico bem puta qd não post novo.

Filha, amo as coisas q vc escreve, me identifico sempre, e o de hoje está incrivel.

To doida pra ver uma foto q presta do seu look novo...to aki doida pra cortar o meu, mas com uma dó de perder o cabelão q to tentando cultivar faz um tempo.

Enfim, deve ter uns 3 anos q acompanho suas histórias, e a Cristal bêbada era engraçada, mas a de hoje é madura e engraçada...crescer é difícil, mas é legal...to tentando me adaptar aos 27 q estão batendo a minha porta. Nos resta curtir cada fase e chorar ou rir das valas q a vida abre pra gente.

'Lara Mello disse...

ADOREI! Essa é a Cristal que eu amo! Uma lição, via amiga! E anotei tudinho! Sorte!

BETA disse...

Quando a gente começa o mundo com leveza, considerar que existe gente mais bonita e mais feia do que a gente, de há tantas belezas possíveis e que nem sempre elas virão embrulhadas num pacote que veste 40... A gente está amadurecendo, Nêga!
E evoluindo, inegavelmente.
Adoro você, e vc é Lindona!!!!
Beijo grande!!!!

NERVOSÍSSIMA! disse...

Será q esse post é pra mim?? rs

Eu tô na MINHA DIETA EMERGENCIAL PRA CABER NUMA ROUPA LINDA de final de ano... tb fiz dieta para poder tirar foto (não mecanicamente mas porque depois que fiquei gorda- sim eu já tive um corpo de barbie- eu fugia das fotos e ano passado no aniversario do meu filho eu simplesmente nao tirei NENHUMA foto com ele de corpo inteiro, se tiraram alguma eu apaguei.... então usei esse objetivo de poder tirar foto no niver do filho pra me incentivar a emagrecer e eu consegui, emagreci até hj exatos 14,2kg e isso fez toda a diferença do mundo PARA MIM embora eu saiba que ainda falta muitooooo para eu chegar onde EU vou me sentir bem comigo mesma.

Mas seu ponto de vista é bem interessante... só o fato de se sentir linda independente de qualquer coisa já é algo que ADMIRO (invejo) imensamente.

Parabens.

Mas continuo esperando a foto.Vc quem prometeu.

=)

Ri Aurelio disse...

Parabéns, vc se ama e reconhece a sua essência. Vc é jovem e não dá (mais) bola pra pre-conceitos sociais e muito menos tá ligada se vc se encaixa nos padrões que são impostos. A beleza da mulher não está por fora. E vc, agora, sabe muito bem disso.
Abraços
Rita

Patrícia disse...

Ah como eu gosto de ler textos assim! Se o mundo tivesse mais gente que se aceitasse e menos gente preocupada tanto com a embalagem, tudo seria tão mais fácil, melhor e feliz!
Beijo

Luz_Dourada disse...

O que dizer além de "ME ORGULHO MUUUUUUUUIIIIIITO DE VC!!!!!"?
Minha pedra bruta que sempre brilhou, a cada dia vem se lapidando e brilhando, mais,mais e mais. Afff.... assim terei que usar óculos escuros para poder conviver contigo!!!!! hauhauhau... Definitivamente esse é o nome que combina com perfeição com a dona dele. CRISTAL.
Eu te amo muito !!!!!!!!!

jacques disse...

EFICÁCIA , LUXO E GLAMOUR PARA CÍLIOS E SOBRANCELHAS CURTOS COM FALHAS OU FRÁGEIS

Experimente a marca ECRINAL DA FRANÇA, SOFISTICADA E ESPECIALIZADA na nutrição dos cílios e sobrancelhas fragilizadas através de uma ação direta no bulbo ciliar, local de formação dos cílios e sobrancelhas. E bastante interessante.

Essa ação pode ser descrita cientificamente da seguinte forma:

Em resumo, o ativo patenteado da linha ecrinal, o A.N.P.® age sobre a papila dérmica, ativando a produção de grupamentos S-H, proporcionando um metabolismo ativo, indispensável à síntese de metionina e cisteína, aminoácidos que constituem essencialmente os fâneros (cabelos, cílios, sobrancelhas e unhas).

O produto é usado a noite antes do deitar.

A EMPRESA E LÍDER DE MERCADO NA FRANÇA E OS PRODUTOS SÃO TAMBÉM PRESCRITOS POR DERMATOLOGISTAS.

A linha oferece também RIMEL NUTRITIVO E VOLUMADOR de cílios para uso de dia .

O resultado e simplesmente glamouroso como a origem dos produtos, produzidos em Mônaco, na Rivieira Francesa .


VC VAI ADORAR.............................


Consulte os sites ( são sites técnicos e não de venda )

ecrinal.com ( francês e Inglês )
asepta.com ( da França )
ASEPTA.COM.BR ( NO BRASIL )

No site asepta.com.br na pagina "parceiros" ha inúmeras opções onde comprar.
A Época Cosméticos no Rio, Drogaria Iguatemi em São Paulo e outros têm esses produtos à venda inclusive pela internet (dermexpress, dermatan, pharmaweb,... )


espero ter contribuído de alguma forma

Lorena disse...

Que bonito texto. Adorei. =)

cristal muniz disse...

Li até o final, quando meu nariz deu aquela coceirinha, que dá antes da gente começar a chorar. E os olhos ficaram com lágrimas e um sorriso enorme apareceu no rosto :D tô sentimentalóide e sou canceriana, toda chorona, mas fico tão feliz :D

beijoossssss

Viaggio Mondo - assessoria comunicação disse...

Olá!

Seu blog é muito bom, adorei!

Quero aproveitar para te convidar a conhecer meu blog também e participar da Promoção 1001 Seguidores. Como prêmio você pode levar para casa uma das agendas 2011 recheadas de fotos dos mais de 40 países que visitei! Se quiser, traga também seus amigos e leitores! :D

Aguardo você! :)

Bjos!

i ILÓGICO disse...

é!

Rafaela disse...

Cristal que texto da porra. Mandou bem demais me deu vontade até de mandar um email daqueles que viram corrente, serião mesmo.

Mas parabéns por toda essa percepção.

Karina disse...

Texto muito bom!!! Pena que não cheguei a este nível...Não que eu me ache um Tribufu, mas nunca estou satisfeita...

Vou ler seu texto toda a vez que estiver de baixo astral (oi Xuxa).

Beijão

Flávia Figueirêdo disse...

Parabéns, Cristal...Não sópela coragemn das atitudes, as pequenas que são as que nos impulsionam, mas em também compartilhar sem medo nem puder e nem por isso parecer piegas.
Parabéns!

Beatriz disse...

Éh Amiga Irmã,
Quem diria que depois de 13 Anos eu fosse ver uma Verdadeira Mulher Lindíssima! Lembro-me da época em que você tinha 13/14 anos e eu 10 anos...você já teve sim um corpo lindo,(Pelo menos era o que todos diziam e eu achava) um peitão, um bundão e quase nenhuma barriga,nossa quantas vezes quis ser como você, além de popular, linda... Tenho uma foto sua assim,em que você era linda, com um corpo lindo, mas onde você realmente se escondia, mesmo linda, em um monte de artifícios e roupas pretas...(acho até que artifícios próprios da idade pois eu também, apesar de mais nova, os usava).Linda você sempre foi! Mais sempre faltou algo, algo que sua vida não te deixava enxergar, que tudo o que você já tinha vivido te atrapalhava a visualizar.E acho que você se escondeu atrás disso tudo por um bom tempo. Ah!!! Mas como eu Adorava quando escutava alguém dizer que eu me parecia com você, quando as pessoas nos confundião então...era a minha grande felicidade! Rs... Sempre te admirei, mais antes admirava sua popularidade e sua beleza, seu olhos verdes...etc, Hoje admiro a pessoa que você é, continuo te achando linda, e cada dia Mais linda, mas hoje tenho mais do que só um Beleza pra admirar. Tenho muito orgulho de ser sua AMIGA à tanto tempo, de ter te colocado pra fazer parte da MINHA FAMILIA e da MINHA VIDA. AMO MUITO VOCÊ, MUITO MESMO!!!!!!
Essa METAMORFOSE AMBULANTE está tomando uma FORMA ÚNICA e INABALÁVEL e fazer parte da sua história é muito GRATIFICANTE. Amo olhar pra trás e ver tudo o que passamos, olhar pro hoje e ver o que somos, e imaginar o nosso futuro,querendo realizar sonhos que sempre foram nossos e sonhos que dizíamos nunca querer passar.
Quanto tempo, e quanta coisa diferente, quantas escolhas doidas, e quantos erros e acerto...É engraçado pensar assim hoje, quantas pessoas devem sentir o que sinto hoje, Com uma amizade tão grande e duradoura como a nossa??? Muito Bom olhar pra trás e ver que mesmo nos momentos em que nossas vidas nos distanciaram nosso carinho e AMOR foi tão grande que quando nos encontramos novamente era como se não tivesse-mo nos separado nem um minuto.
Irmã TE AMO MUITO!!!!
Parabéns pelo teu crescimento! Estarei sempre com você!!!! SEMPRE!!!!
"Até ficarmos velhinhas..."rsrsrs
Beijo com muito carinho e gratidão por tudo!

paula disse...

perfeito. não há nada mais para se dizer desse texto. e, com todos os is e es, estou fazendo um post linkando esse post no meu blog.

parabéns, ficando linda por dentro, vc ficou ainda mais linda por fora...

agora falta a foto lindcha do cabelitcho novo...

=)

Jorge Martins disse...

Eu sei que trabalhar é foda e a vida é foda e patati patatá, mas eu tava com saudade dessa cristal.
Beijo e pá plis.

Zeze disse...

Gostei!

D. Strudel disse...

meodels como vc escreve bem.
Amei!