terça-feira, fevereiro 1

Minha mãe mercenária.

Conversei com a minha mãe que tava bem não, precisando de carinho e tals, combinei de passar o final de semana lá em MPcity, pra comer carne assada com agrião e batata e bater um papo doido. E ficar pedindo pra minha avó fazer bolo enquanto desfilo pelo quintal com meu uniforme da mendicância, sem falar em dormir sem se preocupar com o amanhã.

Beleza, minha mãe falou que faz a comida que eu quiser, mas se dava pra eu comparecer com uma havaiana número 37 porque ela tava precisada.

Sem comentários. Pobre é foda maluco, serião.

7 comentários:

Luciana Matos disse...

Aproveita, faz uma média e leva uma grendha de artista famosa, tipos Grendha Ivete Sangalo!
hahahahahahahaha

beijo!

Madame disse...

Compra uma Ipanema pra ela, ja que sao do Rio kkk.

'Lara Mello disse...

Que nada! Você não é tão pobre! Rs

Afrodite disse...

Menina,
Quero te ouvir melhor amanhã.hein?!
E marca logo esse chopp,pois vi que tá precisada!
Beijo!

Acho Chic disse...

Menina adorei seu blog... lí os post antigos e me diverti muito.... é bom rí das desgraças alheias...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!Adorei seu humor negoro... essas coisas meigas não são a minha praia!!!

Parabéns pelo blog! vc escreve muito bem!!!!

Já estou te seguindo e com certeza vou aparecer mais vezes!

www.achochicc.blogspot.com

beijinhos e boa sorte com as havaianas, rs!!!!

Mila. disse...

Eu me identifiquei tanto com a sua mãe! haha

Tô te seguindo aqui...dá uma olhada no meu blog!

:D

disse...

Na pobreza ou na riqueza... o importante é rir da vida!


Beijos!