sexta-feira, março 25

Tem dias que é foda.

Cara, meu notebook é muito lento, e eu não consegui acessar a porra da aula.

Sinceramente que eu fiquei tão puta, mas tão puta, que só consegui mesmo foi ficar triste, é uma canseira tudo que dá vontade de sair correndo e se esconder pra sempre em uma caverna escura.

As vezes fico imaginando se será sempre assim, a porra da banana split nunca vai ser igual a do cartaz e vou ficar com essa cara de bunda pra sempre.

Juro que me vi quebrando ele em cima da mesa, ensandecida, gritando por todas as coisas que são tão difíceis as vezes, é a porra infernal de não conseguir resolver as coisas no trabalho, meu namorado longe, não ter pra quem pedir colo, achar que está fazendo a merda certa e essa buceta desse notebook simplesmente não se dá ao luxo de acessar minhas aulas, porra se ainda fosse pra ver pornografia, mas só queria estudar, só queria que meu material fosse entregue, só queria que as coisas se tornassem um pouco menos difícil de vez em quando.

Enche o saco ter que ficar dando nó em pingo d´agua. Estou transbordando tanto de raiva que estou me controlando pra não jogar ele no lixo.

Nenhum comentário: