sexta-feira, abril 15

E pra fechar.

Esse assunto momentaneamente que estou exausta, esclarecendo a parada porque tem gente achando que vou jogar na próxima ponte.

O MEU PROBLEMA, nunca foi meu namorado, é como encaro ser rejeitada, que mesmo que ele não quisesse foi como me senti, tenho pavor de ser gente miúda, insignificante, sem brilho.

A minha causa é somente ter medo, tenho medo de tudo, do abandono a tristeza, por isso mascaro.

Não sou perfeita, se ele está puto comigo, tem suas razões e se estou arrasada, tenho as minhas, não é uma guerra de culpados ou vítimas, até porque não falo com ele tem dois dias, nem imagino o que esteja se passando, e se uma conversa repararia tudo, poderia ser, mas estou fugindo dela, porque dói saber que não se agrada a quem se ama, que eu não fui o bastante e aí vem toda aquela mesquinharia sentimental.

Eu estou fechando meu próprio caixão, porque não quero ninguém sambando no meu cadáver, como disse, tudo pode se ajeitar mas também não pode, e quero viver todo o drama que eu quiser, porque sou mulherzinha, porque sou carente, porque acho que esse troço de amor nunca foi exatamente pra mim. E quero sentir tudo, toda a raiva, mágoa, exagero, tudo o que eu me permitir. Eu sei de mim, se estou exagerando, um belo foda--se. Tudo passa tudo passará? Lindo, mas ainda não passou.

Eu mesmo estou me deixando em paz por ora, não fiz o bastante, não fui o bastante, sou toda errada e toda cagada, então, chega de ficar cortando os pulsos mentalmente.

E vou chorar e vou espernear e vou encher o saco de vocês até quando me der na telha, porque aguento uma pá de coisas quieta, mas não tô a fim hoje, não tô a fim "tá tudo bem comigo" tá tudo bem não mermão, tá tudo um cu.

2 comentários:

misshalliday disse...

É pra comentar?? Depois da lavada do post... ¬¬

Viva o drama todo, chore, se descabele, enlouqueça, telefone, se humilhe...
Ou...
NÃO, simplesmente ligue o foda-se e vá viver sua vida!

Sofrer e chorar é tudo de bom, ainda mais qdo a gente se acha o Cazuza (eu me acho, Exagerada até o último fio de cabelo loiro da cabeça!).

Fui.

d'j j.r disse...

hey psiu...adorei o post
Gata o medo é a maior fraqueza do ser humano...tem dias que é foda mesmo,nos sentimos como um saco de lixo que o lixeiro esqueceu,,,,mas tudo bem...tudo zem,,,tudo passa,,,demora,mas passa,,,bjs gata