quinta-feira, abril 14

A gente levanta pra cair de novo.

Ontem eu caí, o cansaço era tão grande, estar em casa, emocionalmente fudida, fui pra cama as sete, tirar um descanso da minha própria cabeça, porque estava demais até pra mim, tudo o que fiz comigo na última semana foi comer, chorar, fumar e me sentir um lixo, oi?

Oi????

Caralho, não é vida que eu sonhava, mas e daí? Vou morrer? Vou me escangalhar toda por não ser perfeita? Vou ficar de martir "olha pra mim, olha pra mim? Como sou legal!" Depois o que passou, passou, eu fiz o que estava ao meu alcance, foi pouco, foi muito? Que importância isso tem hoje?

Foi uma semana de merda? Ô se foi. Estou me sentindo mal, rejeitada, mal amada e sem rumo? Podia colocar uma música de Elis Regina e chorar até os olhos pularem das órbitas, mas o que temos para hoje?

O que é que posso fazer por mim de bom hoje? Tem que existir alguma coisa, estudar? Pintar as unhas? Mudar esse vestido horroroso? Ligar prazamiga?

Voltar a dormir? Afinal são três da madrugada.

Passei por pior e não quebrei, não vou morrer agora, até porque como diria minha mãe, estou sem tempo.


2 comentários:

Madame disse...

Hoje sera um dia melhor, pode apostar!

Mme. Enigma disse...

São fezes da vida amiga, cê sabe. A gente caga a nossa, mas limpa, pra cagar de novo e assim ad infinitum.
Final de semana tá ai...

TE AMO, nunca se esqueça disso. =****