quarta-feira, maio 4

Nego não perde a oportunidade de receber energias negativas

De todas as fases que vivi na minha curta existência sem dúvida essa é a mais bizarra e irritante.
Só que tem uma coisa, as pessoas também não aliviam, existe uma conspiração "da esquivação" que tá foda.
Aconteceu hoje, a pessoa falou uma coisa de um jeito e depois veio mimimizar, tipo "não foi isso que quis dizer, na verdade era uma pergunta" e eu desconhecendo toda a minha capacidade de relevar quase tudo ouvi minha própria voz falando:
 
VOCÊ QUIS FALAR O QUE VOCÊ QUIS FALAR SIM, E SE NÃO QUIS DEVERIA PRESTAR MAIS ATENÇÃO AO QUE DIZ, SEI DIFERENCIAR UMA PERGUNTA DE UMA AFIRMAÇÃO.
 
Não foi aos berros e nem grosseiro, mas foi bem claro, porque é isso que está faltando, clareza na porra da comunicação.
 
Se fosse eu em outra fase, falaria "claro, poxa, acontece, as vezes a gente se enrola no que fala, ou... não percebi que era uma pergunta" e depois ficaria me perguntando que esse mundo tá cheio de gente frouxa porque ninguém tá falando as coisas, everybody engolindo.
 
Amo meu emprego, e foi muito duro chegar aqui, mas olha é só um emprego, mas não me mato por ele e nem por qualquer outra coisa ou pessoa, porque percebo que não vale a pena a gente ficar correndo pra lá e pra cá igual loucos, e depois de anos se perguntar, o que estou fazendo mesmo? Então ou fala comigo o que quer dizer ou não fala porque não vou ficar advinhando que porra quer dizer.
 
E foda-se.