segunda-feira, maio 23

Paralisada.

Eu queria estar com muita raiva, porque assim poderia sei lá, quebrar a casa, bater a cabeça na parede, falar imprópérios, jogar meu notebook pela janela.
Mas estou como se tivesse tomado um soco bem forte na boca e desmaiado.

Nenhum comentário: