quarta-feira, setembro 28

Discrição é mais legal do que você imagina!

Infelizmente nós falamos mesmo, achamos que cominucação é falar, falar, li em alguma lugar, conversa é tipos "uma história, uma opinião, uma opinião, outra história..." e eu tenho a mania de falar mais que deveria, digo assim, acredito muito em olho gordo e tals, mas acabo revelando planos que as vezes me trazem problemas, vou exemplificar.

Eu:"Amiga, ano que vem vou a Nova Iorque"

Colega: Ai que tudo!

O que vem depois disso?

Colega pensa que eu tô montada na grana, me pede dinheiro ou pensa que quero aparecer, ou quer mil encomendas dos istaites, acha que não preciso mais de clientes, afinal quem vai pros estrangeiros já vende muito, enfim, acaba atrapalhando um pouco o andamento das coisas.

Tenho o vício de falar demais da minha vida para pessoas que parecem interessadas, mas não estão, elas podem estar interessadas no assunto, em manter a conversação, em network, em diminuir o tédio da prórpria vida, mas não necessariamente em mim e minhas escolhas. Niqui a gente fica falando e falando e falando, dando bom dia a cachorro.

Só que tem gente que usa as suas palavras, planos para achar que sabe quem você é e usar isso contra você, quem fala demais, revela demais, se torna muito vulnerável, aquele que fala fala, parece que está sempre tentando convencer a outra pessoa de algo e quanto mais fala, menos credibilidade, é tipos aquele vendedor que te sufoca e depois de um tempo você balança a cabeça sem prestar atenção.

Eu falo muito e acabo revelando coisas que não condizem, tipos essa briga com meu namorado (vocês são meus leitores, não contam rs), tenho chegado com uma cara de poucos amigos para trabalhar, mas sou a mesma de sempre, tento rir e tals e sou profissional.

Aí que já ouvi nego dando a entender que "não quero falar, mas fui traída..." "que meu empenho está baixo porque arrumei briguinha com namorado", (meus números te mandam um forte abraço) "que estou séria porque não quero admitir que estou sofrendo porque fui ABANDONADA. Uma fofocada que EU mesmo comecei! Não houve traição de nenhuma parte, ninguém abandonou ninguém e a gente se fala, tentando se entender ou desentender de vez, o que eu deveria ter feito? Se alguém realmente percebesse minha macambuzice eu diria "estou com problemas pessoais" faria um ar blasé e rico e foda-se o que a pessoa ia pensar, sem informações certamente eles teriam menos que inventar. Meus amigos saberiam e acabou. As vezes a gente dá as ferramentas para as invejas, faltórios e disse me disse,  porque precisamos de atenção, porque é muito difícil não sermos mimados, ou sofrer quietinho, queremos palco para nossos dramas, queremos falar, queremos ser, mas tudo isso é um engodo do caralho, ninguém quer sofrer, queremos tapinhas nas costas, consolos, ouvir que somos o máximo. Não não somos, mas queremos parecer, nisso volto lá em cima, falamos, falamos e falamos, para novamente tentar convencer as pessoas.

Não precisamos convencer ninguém de nada e como já disse lá em cima (estou sendo repetitiva né?) a maioria das pessoas nem ligam, ou te aconselham com coisas nada a ver tipos "Dá o troco neleeeee!" Amigos, que troco? Eu ein! Aí eu pego aqueles e-mails lindos que minhas leitores tem me mandado e vejo que pequenos cuidados é isso, me animam, mas não dizem façam isso ou faça qualquer coisa.

Concluindo, as pessoas pensam que conhecem você, elas pegam suas palavras, as dicas que você deu para usarem de forma a entretê-las, você pode ser o assunto da vez no cafezinho, daqui a dois minutos é outra pessoa.

Você é uma pessoa inteligente, quem entretém os outros é macaco de circo e você my friend certamente não é. Segurem suas linguas, segurem o fato de quererem ser importantes, mas também não dê muito ouvidos a pessoas que só vem com esses assuntos bosta. Tem uma menina no meu trabalho que não se cansa de falar da Thereza Cristina da novela e a Fazenda, só tem um detalhe, eu NUNCA vejo tv, e ela sabe, não tem nem televisão na sala da minha casa, nem no meu quarto, mas ela insiste em puxar esse papo comigo, você acha que ela quer conversar ou alguma orelha desocupada para ouvir o quanto Fulana Sbrubbles da Fazenda é massa?

Não seja como ela falando bosta pra quem não quer ouvir, você é phyna.

4 comentários:

Daniel disse...

Fala aê Cristal, boto fé! Quando abrimos nossos planos para outrem também perdemos o foco em nosso objetivo!

Karina disse...

Cristal, estava precisando desse puxão de orelha!! Foi no momento certo...Obrigada!
Beijo

'Lara Mello disse...

O que eu já mais fui nessa vida é sacaneada por falar demais, pessoas que via como melhor amiga, armou para mim.. Decepção defini ¬¬

iILÓGICO disse...

me ensina? (2)