domingo, setembro 25

Shopping do capeta.

Eu esqueci que shopping domingo é cheio de família e casal dando pedaço de pizza na boca um do outro.
Em toda as lojas que entrava era mais ou menos assim na minha mente "calcinha? Pra que? Ele não vai ver mesmo, vestido? hum, ele me adorava ver de vestido, não quero vestido, maquiagem? Já tenho um monte e nem dá pra chegar de viagem com baton novo porque não tem mais viagem, ah aquele cretino daqui uns dias vai tá arrastando asa pra qualquer mulambenta da faculdade que vai encher ele de mimo e ainda vai ficar cheirando o perfume QUE EU DEI, achando linda as cuecas QUE EU COMPREI, deitando na fronha de love que EU ESCOLHI, bebendo no copo que eu comprei!!!! AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!

Respira Cristal, nada de ódio, foco nas compras.
Moça da joalheria eu quero aquele relógio ali, aquele que o cretino me negou um parecido, tá não é nem de longe parecido com esse, mas me dá essa porra desse relógio, é esse aí mesmo E EU TAMBÉM QUERO UMA ALIANÇA QUE JÁ NÃO VOU CASAR MESMO, MEU DEDO NÃO VAI FICAR DANDO SOPA, não garota, me dá aquela ali de pelinho de rabinho de elefante que eu tinha uma igual. E eu olhando aqueles pares de aliança com todo ódio de Paola Bracho, tinha uma escrita "forever" que eu quebraria o vidro com cuspe de tanta raiva.

Fiquei ainda flanando sem entrar em qualquer loja que tivesse camisola, sutiã ou qualquer coisa íntima, entrei em um negócio de bijuteria e lembrei da poesia do brinco, daí não queria mais merda de brinco nenhum, entrei em uma importadora de perfume e na raiva fiz a moça espirrar 50 mil perfumes no papel, depois disso escolhi um e comprei o maior vidro que tinha, niqui a moça felizona com a venda me perguntou "e pro namorado não vai nada?" MERMÃO, MERMÃO, VOCÊ QUER MORRER????? Respirei, respirei, não não vai nada.

Depois ainda fiquei observando os casais pensando que a não muito tempo atrás eu era um deles, andava de mãos dadas e dava beijinhos era feliz e tinha planos para o futuro, niqui num acesso de raiva incontida, comecei a falar sozinha rogando pragas dizendo que esse troço de amor é tudo mentira que inventam pra gente cair e que no final as mulé fica tudo quinenque eu, fudida.

Saí do shoping e fiz sinal pro primeirao taxi CLARO que ia tá tocando as músicas mais românticas do mundo pra eu me sentir como Bridget Jones total abandonada,cheguei em casa e entrei no meu e-mail, nada. Vou me matar e já volto.


7 comentários:

.Intense. disse...

Mandei um email. Deve ter ido pro lixo eletrônico, dá uma olhada, sei lá.

mas eu mandei.

.Intense. disse...

mandei de novo, mas mandei do meu email-email, por isso achei que ia pro lixo eletrônico, vê agora, ahuahauhauhauah

'Lara Mello disse...

Eu sei bem como é isso, mas tarde te respondo o e-mail do niver, quero você bem :)

Ri Aurelio disse...

Cristal,
Te convido pra conhecer nosso Bar Virtual

Vem beber umas com a gente e deixar a dor de corno de lado.

Vem dar tua contribuição e divulgar teu blog lá no nosso.

http://vezenquandopub.blogspot.com

te espero lá,
Rita

Laura disse...

Qual é a poesia do brinco? Fiquei curiosa! Não achei na net!

Jeanne Araujo disse...

adoro as coisas que vc escreve garota e da forma que vc escreve. Ri muito desse post pois já me senti assim num shopping outro dia.
adoro isso aqui.
um abraço.

Krollll disse...

Incrível como esse troço de amor é pura enganação,né?!! rsrs
Ohhhh trocinho difícil esse lado da vida...