quinta-feira, janeiro 26

Praia gente, só um pouco de praia.

Gente obrigada a todos que torceram pela minha recuperação plena (que mata a alma e envenena (Seu Madruga?????))
 
Quero ir a praia dessde novembro, adoro ficar lá, lendo, ouvindo música, ouvindo "maaaaateeeeeeeeee, olhaaaa o maaaaaaaaaaaateeeeeee." toda trabalhada no chapéu e no glamour, biquinão porque estou fora de forma (redondo também é uma forma), toda linda bebendo água de coco.
Dito isso vocês imaginam o meu desespero de querer ir e todos os finais de semana que fico no Ridijaneiro chove. Vou pra BH ou MP faz um sol de rachar as bolas do saco (hoje não estou boa de comparativos, me deixem em paz) e quando fico chove torrencialmente cagando meu final de semana e me deixando a opção de: comer. entrar na internet. comer. cagar pra caber mais espaço para comer de novo. comer. olhar pela janela para ver se o sol saiu. comer. ler. fumar.... ad infinitum.
 
Estou amarela. Quero meus cabelos queimados de sol! Meu tom "rolei no pó da olaria"! Quero usar meus cosméticos pós sol! Quero usar meu gel de Aloe Vera! Quero responder "fui sim" quando as pândegas do trabalho olharem minha cor moreníssima e perguntarem: Foi a praia final de semana? Eu quero gastar meus tubos de filtro solar, quero chegar em casa com a bolsa e os pés cheio de areia, quero usar minha havaiana com cristais svarovyyyskyyy (não me julguem), usar minhas coisas cafonas coloridas de praia! Reclamar dos preços e falar com os camelôs "ei, não sou turista."
Pelamordedeus soube hoje que choverá no final de semana, vai a merda né? Muito Murphy pra pouca Cristal. Depois de ficar ansiosa a semana inteira, marcar dentista para as 8 da madrugada de sábado para passar o dia fritando os bacon, descubro que vai chover. Gente chover é sacanagem, olha pode ficar um tempo de bosta, meio nublado que vou pra praia assim mesmo, mas chovendo não rola.
 
Aliás, sexta-feira estava lá em frente a lagoa da Pampulha e pensando "Jzus aqui não tem praia, COMO AS PESSOAS SOBREVIVEM???" ah mas aqui tem cachoeira disse Marcos uma vez. Ahan. Igualzinho, principalmente a parte das pedras escorregadias a água fica barrenta qualquer bosta de chuva mais forte e tipos, gente, tem a Lagoa Pampulha, cheia de coliformes fecais e paca, tatu, cotia não. Não é a mesma coisa. Quem gosta de praia sabe, nada incomoda, nem calor, nem areia, nem água salgada, nem caixote dentro d´agua (o famoso caldo, que na verdade consiste basicamente em um princípio de afogamento) nem porra nenhuma. Quem não gosta de praia que não goste, aliás seus jumentos, não fiquem dizendo que "se colocassem azulejo na praia, sabe a areia...." porque se tivesse aquela água inteira e uma pista de azulejo, você JAMAIS ficaria em pé, escorregando e quebrando todos os dentes da frente, o que aliás seria merecido.
 
 
Sempre achei a praia curativa, você fica lá vendo todos aqueles corpos únicos, as mulheres com seus balanços peculiares para ir água, os homens murchando a barriga ou desfilando músculos, os corredores da areia exibindo as coxas, as mulheres e seus filhos, as pessoas rindo, reclando do "tá quente mesmo hoje" cada uma de um jeito, a maioria não se importando muito com as formas do corpo, aliás já estamos ali mesmo né? Então os desfiles variam de lindos corpos esculpidos para pessoas comuns como eu e talvez você, celulites, estrias, culotes, uma pança, umas perebas. E as pessoas se divertem, e pobre adora porque é de graça, e leva isopor, frango, sanduíche e biscoito. A praia é muito democrática, tem de tudo, de fumador de maconha ou dependendo de onde você esteja, aquela atriz global meio chulé.
 
Enfim, quero minha praia, sou carioca, é meu direito. Mandarei um e-mail para São Pedro pedindo um solzinho esse final de semana.
 
 
 
 
 

4 comentários:

Pan disse...

Eu adooooro praia! Mas não coloco o pezinho na areia há 13 anos. E eu a-do-ro toda essa farofa na praia. Quando eu fui, minha mãe fazia sanduiches pra levar no isopor hahahaha só não tinha o frango mesmo! Mas tinha salgadinhs chips, guaraná schin e pastel na barraquinha que o cara deixava o frango cair na areia e dava aquela olhadinha pros lados pra ver se ninguem via.
Ai que saudade. hahaha

iILÓGICO disse...

legal praia! mas troco o azulejo por grama que fica super!

Marcus Assis disse...

praia qualquer dia desses, qualquer dia desses...

'Lara Mello disse...

Falei para o Zé, que iria mos na praia amanhã.. Vai chover aqui também ¬¬