quarta-feira, julho 17

Vamos falar mal de algo?

As pessoas estão no feice para falar mal de algo, pessoas falsamente engajadas, pessoas até inteligentes, copy and past, pessoas que falam mal dos que falam mal, pessoas que perdem um tempo enorme para escreverem 20 mil caracteres e não dizerem nada. Para seguir e curtir a página do vanish e seu poder branqueador e... suas sabedorias.
Aí eu fiz um e-mail, queria ir par ao facebook, eu ia, mas é tipo roupa fluorescente, já esteve na moda e não fica bem em ninguém, você vai falar merda no facebook, várias e muitas vezes, exaustivamente.
Não me faz nenhuma falta.
Exceto para ver as fotos que minha irmã  posta da afilhada linda e só, ah e um joguinho que tem umas frutinhas que você coloca três junta um monte e muda de nível que joguei no Rio no facebook da Alba.

Não, não tenho nenhum interesse em suas fotos, em sua vida, na foto do seu filho caçula que é meio feio na verdade, nem quero saber das festas que você vai, nem das que não vai, nem se você vai cagar ou se você come pratos bonitos em restaurantes, nem do churrasco na laje, porra nenhuma, aliás sua vida não me faz a mínima diferença. Criei tal birra ao troço que se compara ao ódio que Marcos tem de funk, se alguém me pergunta se tenho facebook, ficaria mais confortável se me perguntassem se tenho câncer.

Mas você tem que ter para manter contato com as pessoas, você me dirá. Mas que porra eu quero ter contato com as pessoas? Tal qual já escrevi sobre o orkut uma vez, você não era meu "amigo na vida real, caralho!" Não quero lembrar de você, aliás eu nem lembrava de você. Ah você estudou comigo na segunda série e quer manter contato? Prefiro manter contato com the hell.

Te asseguro que todas as pessoas que quero manter contato consigo, seja por e-mail, telefone ou até por pensamento, e eu não tenho tempo para manter contato com as pessoas do mundo real! Ah mas eu estou perdendo um monte de coisas. Estou mesmo. Perdendo tanto que até nem sei.

E tem aquela coisa, antigamente pensava que era alienígena por não ter, hoje me sinto afortunada!!!!! Porque se eu ler novamente que Candy Crush é mais viciante que crack, sinceridade!  E olha que joguei para saber, na verdade várias vezes, você ficaria impressionado de saber que tem páginas de joguinhos com Candy Crush FORA do facebook.

Eu disse: Vou colocar meu blog no face, várias pessoas vão curtir e tals e mais pessoas poderão ler e yadda, mas quem disse que quero isso? Quem disse???Eu lá sou algum gênio para disseminar palavras idiotas? Podem muito bem vir aqui e roubarem e colarem lá como se não houvesse amanhã. Caguei quilos.

Se eu mudar de opinião, foda-se, disseram que eu mudaria de opinião sobre muitas coisas e estamos aí mantidos de pé na fé do Senhor Jesus e com as mesmas convicções (que como eu disse no texto sobre a vida, não valem de bosta nenhuma)

Só lamento realmente não ver as fotos da minha afilhada, já disse que faria um só pra isso, mas tenho medo de ser sugada para essa terra.

Um dia me animo e faço um quem sabe, mas só para jogar joguinho das frutas e ver foto que minha família fica com preguiça de me mandar por e-mail.

2 comentários:

Smart Girl disse...

Facebook, orkut, badoo, etc. etc. etc., são maneiras de esconder a solidão geral. É preciso peito pra chegar em casa e se ver sozinha, quer morando só, quer morando com mais dez pessoas. Daí, se abre o computador e... surpresa!!!!, não se está mais só!!!!!!!!!!! Só que não se percebe que o "amigo" adicionado, na verdade, é uma imagem numa tela, que nos ajuda a suportar a solidão. Só.
Poderia falar horas sobre os motivos pelos quais nunca tive perfil nesses sites, mas, sabe, dá uma certa preguiça de ser óbvia. Principalmente quando dizer que não tem facebook significa dizer "sou um e.t., leve-me a seu líder".

Ana disse...

Odeio FEICI.