terça-feira, abril 1

Faxina - Jogando fora.

Uma das coisas que me faz bem quando estou bad é faxinar as coisas, minhas coisas, não é limpar casa, é ir retirando coisas velhas e que não uso e simplesmente jogar fora. Produtos fora de validade, vidros de xampu no meio, roupas furadas, lápis sem ponta.
Quanto mais raiva acumulada, mais implacável fico com as coisas que me são inúteis e pior de tudo o que retirei, exceto por três bolsas, nem para doação serve, de tanta velharia.

Já desci com duas sacolas e a terceira está só enchendo. Sapatilha furada, fedendo, calcinha velha, sutiã sem fecho, coisas que digo "um dia arrumo isso" e nunca arrumo.

Apesar de ser uma acumuladora de tranqueira, coisas demais me deixam nervosa, parece que atravancam o progresso e como ficarei dias fora, quero que as coisas estejam arrumadas quando eu voltar.

Nem comecei a sonhar em arrumar minha mala, detesto viajar com muitas coisas e como ficarei basicamente na casa da minha avó ou na praia, não levarei muita coisa, posso pegar quilos de roupas emprestadas, além de andar feito uma mendiga (coisa que não me importo caso esteja de férias, coisa que aliás me importo muito pouco de forma geral).

Me sinto quase mais limpa com essa arrumação, vamos ver como chegarei no final do dia, hoje iria comprar minhas passagens, mas a preguiça impera, posso fazer isso amanhã, sem dúvidas que posso.



Nenhum comentário: