quarta-feira, outubro 10

रियो दे जनेइरो

Paro para escrever e mil coisas me interrompem o tempo inteiro... até uma caixa de clips já caiu na minha cabeça hoje.

Saio normalmente no mesmo horário do trabalho todos os dias e nunca tive (ainda bem) oportunidade de ver algumas partes do Ridijaneiro de dia... como eu vim do interior ainda me assusto com algumas coisas. Primeiramente esqueçamos um pouco do Rio-cenário-de-novela-das-oito e vamos a triste realidade dos fatos, não moro na zona sul, não sou rica e nem moro em uma cobertura, sou uma rica pobre e sem dinheiro, e ontem pela primeira vez vi porque algumas pessoas realmente tem muito medo, nos “pés” das favelas, muitos moleques lôcos cheirando cola, fumando crack e tomando banho em uma poça de lama (ãh?!?) mendigos bebendo e eu vi um que estava lambendo a sola do próprio chinelo!!!! Poderia ser exatamente bizonho se não fosse uma pessoa ali, fiquei com dó (mas não fiz nada.)


E ainda por cima tinha o DOIDO DA KOMBI quem mora no Rio e pega essas conduções estão fadados a encontrarem essas criaturas, são os “trocadores” da maldita, esse em particular só podia ta doidão, o que não seria novidade nenhuma se levarmos em consideração que os donos das kombis são os traficantes, mas ele era muito desagradável, esse sotaque meio malandro daqui ainda me incomoda deveras, aquela coisa meio: falaêmaluco ou módoideira.o.bagulho.da.parada.que.aconteceu.boladão... sempre me lembra o Juninho Play (acho que é isso rs) lamentável.


Quero ir para o Alaska e tenho dito.


Mmmmmaaaaldito bloger que me faz escrever em hindi, chinês e o caráleo... menos português.
Vou colocar o nome Blogger na macumba.

2 comentários:

Marciel disse...

É... Parece que está na hora de colocar o Blogger na macumba e o Google, a Folha, o Uol e a Veja tudo juntos.
Andam fodas as coisas por esse Brasil.

argh, lemòn disse...

...eu sugiro o orkut costuradinho na boca do SAPO CURURÚ !!