quinta-feira, novembro 8

Pesadelos a parte...

Sonhei (na verdade pesadelei) que meu pai me levava a uma sapataria chiquérrima e falava que eu poderia escolher qualquer coisa que seria meu presente de Natal, eu toda vestida de dourado com aquelas roupinhas tipo de bailarina (olha que eu já disse que não usava aquilo nem morta!) parecia enrolada em papel alumínio dourado, olhei tudo durante hooooras, experimentei, enchi o saco das vendedoras, e quando escolhi o par perfeito (dourado claro) a moçoila falou o preço: 500 dinheiros... olhei para a cara de Papi e ele soltou uma risada maléfica Muuuahahahaha! Disse que não compraria, encheu minha mão de moedas e se mandou...



Isso não se faz, ainda mais sabendo que eu amo mais sapatos que pessoas...

Eu chorei (no sonho obóvio!)...... mas se eu pudesse teria dito: Pai, vai tomar no cú! E tacaria todas as moedas nele.

Um comentário:

Creiço disse...

ri muito com a descrição do sonho. é muito glamour!