sábado, março 8

A Rosa e a Couve-Flor

Um dia, a rosa encontrou a couve-flor e disse:

- Que petulância, se chamar de flor! Veja sua pele áspera e a minha, lisa e sedosa. Veja seu cheiro desagradável e meu perfume, sensual e envolvente. Veja seu corpo grosseiro e o meu, delgado e elegante… Eu, sim, sou uma flor!!!

E a couve-flor respondeu:

- É… mas ninguém te come.

Moral da História:

De que vale ser bonita se não for gostosa?

8 comentários:

Andarilho disse...

É, mas tem gente que come pétala de rosa. =P

Márci disse...

Ahahahahah !

Ponto para a couve...Se bem que eu não curto muito couve...Mas a filosofia é boa...

*Ná* disse...

Ahjuahuahua.. eu conhecia essa... e morria de rir falando pra minha mãe que eu queria ser uma couve-flor.. .ela nunca entendia, coitada!
Bjo

Cansei de ser abduzida disse...

Viva a couve-flooooooooor!!

hauauahauhuha

beijos.. te cuida bem!

Mulher Complicação disse...

hauhauhauhaua ...
Que horror !!!
Mais num é que é real ???

Raposa disse...

Olá!
Sou Raposa e estou aqui por culpa de Cansei de Ser Abduzida, que descuidada deixou um link lá para este blog. Culpe ela!
Esta piada eu já havia ouvido faz tempo, mas é perfeita! Diz muito o que eu penso sobre mulheres. Não estou falando de comer as gostosas! Vai pensar o que de mim se eu já começasse com essas coisas? Falo de que beleza, perfume e essas coisas são só embalagem, precisa ter mais do que isto, e pra mim, este mais é o que conta.
Abração pra ti,
volto aqui mais vezes!

ps.: Tomei a liberdade indicar este tesxto no meu blog. Tem problema?

D. Vespa disse...

Olhe bem no fundo da garrafa. Beba. Olhe novamente. Beba. Repita a operação até achar que a espuma parece com Jesus, Maria, José, o burrico do presépio ou qualquer outra figura alegórica do cristinianismo - e pronto: já pode considerar-se um membro da Igreja Dadaísta da Sétima Dose.

Tatyan disse...

Olá Cristal! Bem, eu cheguei aq por indicação do Raposa...
^.^
Sobre o post: acredito q um dia (bem distante ainda) as pessoas irão se tocar q nada é mais importante q a beleza interior, a beleza do espírito (q tão poucos a têm...). Essa ñ morre. É eterna... Diferente dessa nossa beleza física q ñ dura seus quinze anos... A beleza de dentro, levamos para sempre. Coitado dos feios de coração...
:)
Bjos*** no coração!!!