domingo, agosto 17

Eu nunca amei ninguém....

Eu nunca amei ninguém.

Chato isso. Nem posso falar que já sofri por amor porque nunca soube o
que é isso.

Eu tenho bastante consciência dos meus sentimentos para saber diferenciar tesão de paixão e paixão de amor. Nunca fiz de ninguém o sol que ilumina minha vida e todas as cartas de amor que escrevi não eram assim... tão reais. Eu queria muito gostar de alguém, aí inventava qualquer sentimento dentro de mim e nessa escrevia, ou falava.... e mentia. A fase passou depois que pararam de me cobrar.

Não existe nada de errado nisso, talvez eu seja um dessas pessoas que simplesmente não encontraram a tal da alma gêmea. Talvez eu seja dessas que se apaixonam por dez e não amam nenhum, vai saber.

Tenho 23 anos, muito tempo para achar uma amor para chamar de meu. Ou não. Quando vejo as pessoas da minha idade se debulhando em lágrimas por causa de um alguém eu acho simplesmente patético, por justamente nunca ter amado ninguém não sei que porra é essa que dói e consome. Não sei o que é passar uma noite em claro pensando no que o "Love of my life" está fazendo ou planejar algo mais que um final de semana
juntos.

Fazer o que se não choro por amor, imploro que alguém fique comigo e pensando "como será quando estivermos velhinhos?"

Não amar dá pouco trabalho quando me dou conta de que minha vida gira
só em torno de mim. Quando vou e volto de onde quero, sem ter que pensar em nada.

Mas tem dias como hoje que eu sinto um vazio inexplicável, uma vontade de viver um amor de comercial de TV, de sei lá... chorar na chuva um amor perdido, de fazer alguma loucura por amor. De sentir somente, saber como é. Saber se é assim mesmo como as pessoas dizem, os filmes mostram e os poetas escrevem...

Posso mesmo ser uma pessoa vazia por isso, ou saber menos que as outras pessoas sobre esse assunto. Sou tudo isso junto.


Um dia ainda direi com meu copo de vodka na mão, lágrimas sofridas e a voz embargada: "Porque aquele miserável me deixou?"

24 comentários:

Andarilho disse...

WTF???

Tava no meu Google Reader lendo outro post completamente diferente, aí eu clico em cima pra abrir o blog e comentar, e vejo esse post...

Vc andou deletando e/ou escrevendo por cima do post?

Bah, whatever.

Sabe, se você realmente nunca amou, isso é meio triste. Se não for alguém, que seja algo, ou uma idéia.

Porque eu sei de uma coisa: não amar torna a vida muito mais chata do que ela já é.

Cristal Muniz disse...

Tá aí um grande mistério! Eu já chorei, já passei noites em claro, já imaginei "nós dois" velhinhos em caderias de balanço mas não sei... isso nao me convenceu! Acho que sou muito nova ainda.

Halarek disse...

Sinceramente, cristal você devia dar graças a Deus, mas se quer de fato amar alguem, comece por se entregar a pessoa, se entregar totalmente, não apenas na cama, ou não apenas sentimentalmente, se entragar de verdade, tem que por sua alma na pessoa...

...mas sinceramente, para viver um romance de comercial de TV, nao precisa amar, precisa estar apaixonado, profundamente apaixonado...

Não é preciso amar para pensar essas coisas, digo isso pq acho que nunca amei ninguem tambem, e mesmo assim, chorei, sofri e fantasiei...

beijos!

Cristal - a louca. disse...

Andarilho: Exatamente, eu troquei os posts, mas por pouco tempo kkkk.

Não amar é muito chato.

Cristalzinha: Somos muito novas ainda... eu acho kkk.

Halarek: Incoerente. Se entregar a quem não se ama para aprender a amar?? ein?
Parabéns, eu sou diferente.
Sou uma pessoa prática. Eu acho.

Beijundas ^^

Osimar Medeiros disse...

Nesse ponto eu discordo...tenho 27. Já tive minhas pendengas de "amor'.

Hoje ? Hoje eu passo longe. Curto a vida, curto a solteirice, curto quartos de hotéis:)

A vida é curta, não dá pra perder tempo amando à distância. Ou se ama na hora ou não se ama nunca.

Tua alma gêmea tá por aí, perdida, quem sabe, com um copo de whisky na mão, um cigarro na outra, pensando: por onde andará minha metade da laranja ?

Ainda se encontrarão.

Beijucazona.

Raposa disse...

Conversa de buteco:
-Antes ter amado e perdido do que nunca ter amad.
-Ah, é? Experimenta.

bom... sem muito o que dizer hoje, ando revirando minha própria solidão no momento.

Ana Cláudia disse...

Menina!!! você já não tem problemas demais não??? ainda que arrumat mais um?
curta a vida, a sua juventude, a liberdade, o amor vem qundo menos se espera. e não necessariamento com sofrimento.

JM disse...

Como diria Paulo Mandrake personagem de Rubem da Fonseca:

Amo 7 mulheres, 7 conta de mentiroso, amo uma japonesa, uma negra, uma branca....

Eu JM não tenho opnião formada...

Mas eu amo Red Label com energético... Vc não ama bolsas ?

Bjs !

Sw disse...

arrá! eu sinto a mesma coisa.... vivo dizendo q tudo isso é tão patetico mas rola aquela carencia as vezes...

abraços!

Uma bebida e um amor sem gelo, por favor. disse...

Querida, vc nunca amou e eu já amei demais.

vou add seu blog na minha lista, porque gostei de vc.

beijos.

Lily disse...

às vezes penso que o amor é uma merda, mas acho que, ainda que ele nos faça sofrer, a nossa vida só é plena quando ele aparece!
não existe melhor sensação do q gostar de alguém e viver momentos ótimos com a pessoa!
e depois ficar q nem uma bobona cantando músicas românticas, suspirando com filmes, etc...

apesar dos pesares, eu não sei viver sem amar! burrice? talvez... mas acho que a vida é insossa sem amor!

espero que ele aconteça pra vc tb!

bjksss

jubliana. disse...

"O amor é a asa veloz que Deus deu à alma para que ela voe até o céu." (Michelangelo)

Amar é ter borboletas no estomago.
Nao precisa ser nova ou velha, amar é só, muito gostoso.

Márci disse...

Não amar tem suas vantagens....MAs esse vazio que dá de vez em quando é meio phodinha...Pra curar esse vazio nada melhor que encher o copo com amigos \o/

eni disse...

me apaixono muito fáicl, vejo uma pessoa interessante na rua, bato o olho, e pronto, me apaixono. mas assim como me apaixono fácil "desapaixono" fácil tbem, nunca sofri por isso.

amar? bom, sou casada e amo meu marido, mas o dia que ele me largar por uma novinha de 17 anos, eu deixo de amar em questão de segundos, só consigo amar quando sou correspondida, caso contrário, adios!
já sofri muito de amor platônico, sofrer não, acho já me enganei muito com amores platônicos, e qdo a pessoa descobre e me ama tbem, quando deixa de ser platônico, já não amo mais. prático!

quanto a vc nunca ter amado, às vezes me sinto assim, acho que o amor em si é um conjunto de sentimentos, de todos eles, quando vc sente tudo por uma pessoa é pq vc a ama, e eu tbem confesso, não sei já amei alguém DE VERDADE. amo enquanto sou amada.... enfim... é mto relativo, depende de pessoa para pessoa. mas é admissível o que vc falou e concordo.

beijão mocinha, e não se preocupa com isso não, mas o dia que vc amar de verdade vai desejar nunca ter amado. :-P

amor e sofrimento = sinônimos.

Cristal - a louca. disse...

Osimar: Exatamente, vai que ele está por aí, chorando, lamentando a minha falta sem nem me conhecer???

Raposa: É verdade, experimenta pra ver só, todo mundo diz que é um cu, mas diz que é bom, enfim.

Ana: Assim quero acreditar. É claro que quero arrumar mais um problema, eu sou pior que pobre com filho, quer sempre mais, mesmo sem saber o que fazer com os que já tem.

JM: Amo bolsas... mas não transo com elas rsrsrs.

SW: Será que é aquela coisa “patético mais indispensável”? Vai saber...

Uma beibida: É recíproco, também gostei do seu blog. Amar demais também deve ser ruim... mas nem sei.

Lily: Exatamente!!!!!!!! Menina, pode ser aquela coisa meio pirada, eu já me apaixonei e é bom... ruim mesmo é quano ele me deixa kkk. Mas eu supero. Quem sabe acontece?
Jubliana: Só não concordo porque nunca amei rs.

Márci: Encher o copo sempre é A solução... pra tudo.

Eni: Também apaixono e desapaixono com a maior facilidade, chego a me impressionar. Eu acho que faz parte essa coisa da “reciprocidade” afinal ninguém gosta de amar sem ser amado.
Amor e sofrimento, to passando pra frentex no mometo rs.

M.A. disse...

Pois é, ótimo texto para se discutir. Não és só tu que nunca amou como amam os "outros". Eu nunca senti algo que fizesse eu chorar por uma pessoa, talvez eu seja uma pessoa muito fria, ou simplesmente não dou bola mesmo. Já tentei ter namoradas, mas no final nunca me apego a pessoa, talvez não sei procurar nos lugares certos as namoradas ha-ha-ha. A solidão é cruel, acho que não preciso amar alguém, só quero ter alguém para conversar e dar carinho. Acho que toda pessoa lá no fundo da alma procura isso.

Raíssa disse...

Eu sinto exatamente a mesma coisa.

Raíssa disse...

Eu sinto exatamente a mesma coisa.

Jackeline Lopes disse...

Nossa super que me identifiquei... já vivi muitos momentos de desejo, vontades, prazer mais nada que me despertasse amor.

Renan Bueno disse...

É.eu nunca amei ninguém !!

Renan Bueno disse...

É.eu nunca amei ninguém !!

ana.sartorato@hotmail.com alice181091 disse...

Estou com 54 anos e nunca amei. Sempre senti falta de algo, e depois de ficar com alguém colocava a mão na testa e me perguntava. Que que eu fiz? Bom a última fiquei 30 anos junto. Tive dois filhos que esses eu sei que amo sim, amor fraterno. Mas o amor homem mulher, paixão avassaladora, chorar, fingir que morre, isso não. Quantas vezes ouvi minhas amigas dizerem que sentiam um frio na barriga e tremiam toda quando viam o cara. Só sinto frio na barriga quando estou na montanha russa sei tremer de susto. Mas isso por ver uma pessoa? Não! Nunca! Queria muito.....

Lucas Bitencourt disse...

Nossa, 8 anos depois e só leio isso hoje, poxaaa... enfim, me identifiquei. E acho que faz muito sentindo.

Tbm quero amar. Mas eu não me vitimizo. Assumo que em todos os meus relacionamentos eu nunca me entreguei totalmente e me arrependo amargamente. Acho que o problema está em mim. Affffsss... Como é difícil ter que admitir isso, mas, estou em processo de aprender com os erros para não errar novamente.
Ontem assistir o filme: "Simplesmente acontece" e creio que foi ele que me trouxe aqui.
Cristal e hj, (Isso é, se vc ainda acompanha) já conseguiu amar alguém?
Sucesso moça, beijos!
PS. Nome lindo!

Bruna Roberta Maia disse...

Não sei porque motivos estou aqui mas acho que foi pelo fato de eu ter 18 anos e nunca ter sentido aquele algo a mais... Sempre me apaixonei, aliás me apaixono diariamente por alguém algo ou por mim mesma , parece estranho mas sempre soube que não era amor verdadeiro porque logo depois eu perdia o interesse, na realidade eu gostei muito de um amigo chegou até doer por, ele gosta de outra e aí eu te pergunto isso é amor?
Pra mim não pois amar sozinho não faz sentido é ridículo sofrer por alguém que sofre chora e implora por outro alguém que não é você, isto me mágoa e faz perde o credo no tal "amor" já não sei o que fazer sempre é assim alguém gosta de mim e eu não gosto da pessoa,e quando eu gosto de alguém ela não corresponde, novamente lhe pergunto isso é amor não é pura ilusão.
Desculpas nunca amei me identifico muito com seu texto espero que daqui a 8,10 anos eu mude de ideia mas pelo visto como reparei aqui passaram tantos anos e as pessoas ainda tem opiniões igualitária a respeito do tal "amor".
Lucas assistir ao mesmo filme que você"simplesmente acontece" adorei porém na vida real não acontece daquela forma,mas de qualquer modo ainda sonho com meu final feliz!