segunda-feira, dezembro 22

Então é Natal.

Tá e daí? Começa uma histeria coletiva sobre esse assunto. Cartões, ho ho ho, presentes e pessoas se desejando coisas boas.

Tá até aí eu entendi. O que eu não compreendo é o que significa essa coisa toda. Não vou entrar no mérito das renas e papais noéis porque isso é ridículo, pra criança até serve, mas... todo mundo gasta dinheiro enfeitando as casas, árvores e tal... e pra que? Eu gosto de presentes, o consumismo desenfreado é reflexo de como cada um leva a vida e não sou contra sistema, aliás é o sistema que me dá dinheiro.

Também não entendo o todomundoéfeliznonatal, isso me incomoda, eu sou do jeito que sou o ANO INTEIRO e não no Natal.
Eu rio sempre nessa época, acho que do clima “vou fazer o que todos fazem”, neguim bebe vinho no calor dos infernos, mesmo não gostando da bebida, compram peru que pra mim parece um frango gigante, castanhas portuguesas, tâmaras e sguenis. Muitas vezes não sabem nem o gosto que tem e pagam caríssimo por causa de uma cultura que a gente pega emprestado não sabe nem de quem. Tá, foda-se cada um. Cada um come o que quer a época que achar melhor.



Mas aí vem a azeitona do meu martini, pessoas munidas de um cristianismo pungente me dizem que temos que lembrar que Natal é aniversário de Jesus.

Rá.

Tá bom. Primeiro nem eu nem você vimos a certidão de nascimento do cara, certo? Segundo que vários estudiosos disseram que Jesus no no no nasceu no dia 25. E oi? Não sou católica.
Pessoas começam a fazer caridade com uma mensagem subliminar na testa: Fui filhadaputa o ano inteiro e para tentar amortizar minha consciência doarei esse brinquedinho para uma criança carente.
Ah eu acho isso até legal, afinal as crianças e pessoas que passam fome devem mesmo ter uma assistência e tals, mas não somente no Natal. Se é só no Natal, menos pior, pelo menos eles vão ter o que comer na ceia.


Mas não é só isso. Eu acho realmente que cada um leva a vida que quer, mas por favor, não me obrigue a aceitar isso como normal. Brasileiro adora um feriado, uma festa, um puteiro e ficar falando da vida de Cristo é mais heresia que a minha.

Natal pra mim é uma palavra sem significado próprio, é a época que eu encontro toda minha família, não por ser Natal e sim por ser feriado e todos largarem seus empregos para se verem. Presentes sempre há, mas minha família normalmente se presenteia o ano inteiro. A ceia lá de casa não tem peru, nem tender e sim a comida que a maioria gostar, pode ser um leitão ou sei lá, frango assado. Só tem frutas secas porque a gente gosta, mas gosta o ano inteiro.
Eu acho tudo isso no mínimo esquisito. Parece que o mundo para de girar para se comemorar sabe-se Alá o que.

Eu vou comer, beber e rir como sempre. Meia noite alguém vai rezar agradecendo tudo o que conseguimos durante o ano e eu acompanharei com meu pensamento e meu amém.

Eu desejo a vocês não um bom Natal e sim uma boa vida, que possa se divertir e estar com gente que gosta o ano inteiro e não somente dia 25.

E o resto que se foda.




E eu vou repetir esse mesmo post ano que vem, e no outro...

15 comentários:

JM disse...

Você é apaixonante...

Feliz Natal...

Papai Noel é tão gay...

rsrssr

Bjs !

Andarilho disse...

Eu só tolero natal pq é feriado, hauhauhauh

Erika disse...

Feliz vida pra vc tbm Cristal, e concordo contigo em tudo. A única diferença é que eu odeio frutas secas. E acrescento : peru eh um frango gigante e duro.

star black, disse...

huhu, natal, pra mim é, ganhar presente, e comer, até o dia seguinte, ;x

me mato de rir ctg cristal,
;*

Maite Lemos disse...

Olá Cristal.
Parabéns pelo texto.
Tbm não sou cristão, mas ao contrário de vc, adoro o natal.
Adoro o clima de tatudobom. Adoro o Papai Noel com aquela roupa vermelha. Adoro Coca-cola. Adoro o comercio aberto até tarde. Uma das poucas coisas que eu não gosto no natal é o pessoal comendo milho verde no meio da rua. Eu adeio o cheiro daquilo. E pelo menos na minha cidade, isso é tradição.
Tbm não me sinto muito a vontade de ficar desejando feliz natal pra cada um q a gente encontra. Mas vou copiar a sua idéia e desejar uma boa vida daqui pra frente. Me parece mais natural.
Um abraço e vai la me visitar.
www.pensoemtudo.blogspot.com

Mme. Eni Gma disse...

odeio natal.

como panetone o ano todo por três reais ali no supermercado sorocaba, mas nessa época eles aumentam para 5 reais!!!! o MESMO panetone, com a mesma massa e frutas.

odeio o natal.

Lila disse...

Tô contigo.
Não gosto do Natal, detesto o Papai Noel, não gosto de panetone nem de frutas secas.
O pior é a tradicional ida ao shopping na semana do natal, ninguém merece este inferno.
Natal é só um pretexto pra todo mundo se reunir e comer e beber tudo que não pôde o ano inteiro.
Pra mim essas tradições de natal são mais ridículas que o Halloween, mas mesmo assim, participo todo ano.

Ana P. disse...

O post poderia ter sido resumido pela última foto... AHUAHUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHUAHUAA!!!

Esse ano eu médio desisti de falar do natal, capetalismo, papai noel e o caralho a quatro. Cinco anos de blogagem coletiva depois, cansa falar sempre dos mesmos assuntos.

Eu odeio natal por causa justamente do oportunismo. Mas gosto por causa das confraternizações e poder encontrar e sentar no bar com pessoas que, devido às adversidades da vida, no ano inteiro é bem difícil de conseguir.

Enfim. Foda-se tudo. A vida é, no geral, uma grande merda.

Beijins pra você, xuxu, e boas festas!

denisd disse...

Morte ao papai noel e a toda esta farsa! Do aniversariante ninguém lembra...

Ótimo texto!

Bjo.

Cristal - a louca. disse...

JM: Você é doente.

Andarilho:É o motivo porque a maioria das pessoas gostam, umas poucas admitem rs.

Ericka: Só li peru duro e gigante... dãh hehe.

Star: Adôuro isso. Se mata não garota. Isso é cometer auto assassinato ¬¬

Maite: Que bom que gosta! Assim também se diverte ^^. Adoro os anúncios da coca-cola essa época, aqueles ursos são tão fófis. Eu tb acho mais legal. Vou te visitar sim ^^

Eni: Porra eu tb adoro panetone, mas porra fica tudo inflacionado essa época. Odeio.

Lilá: Shopping essa época é praticamente uma filial do inferno. Haloween é tosco tb. Eu nem desgosto, eu apenas não entendo rs.

Ana: Te entendo. Tb tenho a impressão de estar sempre escrevendo sobre os mesmos assuntos. Por isso eu vou começar a repetir certos posts. Acho que ninguém vai perceber rs. É é merda fedida.

Denis: Que aniversariante mermão? O cara móorreu rs.

Beijundas ^^

Lila disse...

"Denis: Que aniversariante mermão? O cara móorreu rs"

Mas medonho ainda é comemorar aniversário de morte. Tipo, este comemoraram o aniversário de 100 anos da morte de Machado de Assis.
Bizarro!

Lilia disse...

Oi Cristal... VC se lembra de mim? Lilia (amiga da Déia). Tô amando seu blog, indicação do JM.
Quanto ao natal é isso aí... muita hipocrisia em um dia só... aff... Beijão!!!

Enviei seu texto para uns amigos, com todos os direitos autorais inclusos. ok?
Bjão

Thita disse...

Eu detesto o natal... detesto o peru... detesto o tender... detesto panetone... detesto frutas seca...

Mas amo os presentes!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Natal ---> o dia mais hipócrita do ano...

bjus Cristal

Nat, disse...

Cara, super concoordo com vc, pra variar. Blah, datas! Que preguiça! Tbm acho uma babaquice, um copiando o outro como macacos, tudo sem o menor significado! Sem falar na hipocrisia e na falsidade que rola solta nessa época. E claro que a gente gosta - comida, presentes, feriado, tudo junto! Te desejo que não só o seu Natal, mas seus dias, sempre, sejam muito felizes!! Vc é dez! Beijos!

Cristal - a louca. disse...

Lila: Eu acho que estamos meio carentes de novas personalidades né? Sabe ficam só comemorando os que já morreram... rs.

Lilia: Lembro sim, Claro!!! Obrigado por ter enviado rs. Hipocrisia é a mola mestre da nossa sociedade né?
Thita: Ah os presentes... sem dúvidas são a melhor parte rsrsrs.

Nat: É doido isso mesmo, eu acho que deveríamos voltar ao tempo das carvernas. Vc é 11 igual ao Romário ^^

Beijundas meu povo :P