segunda-feira, janeiro 19

Criatividade.

Tem dias que escrever, desenhar, criar...qualquer coisa é um esforço imenso!



Quando a criatividade tira umas férias... o que você faz?

Euzinha, quando fico nessa situação escrevo mais e mais e mais, coisas sem nexo, sem pé nem cabeça. Pego um papel e começo a escrever qualquer coisa, sem apagar os erros, tentando juntar uma coisa com outra. De vez em quando chego a escrever umas três páginas de coisas que não tem a mínima lógica. Lembrem-se da história do cuco.

Às vezes eu pego uma palavra e começo a dissertar sobre ela mesmo sem saber o que significa, falo sobre a vidas dos animais, dos mendigos americanos, de livros que nunca li, mas imagino a história só de olhar para a capa.

Crio histórias inteiras sobre quase qualquer assunto, não que eu saiba, mas invento um significado e quando vejo já escrevi.

Às vezes faço listas, de coisas que faria se fosse mais rica, mais bonita, menos chata... ou chego ao cúmulo de fazer uma lista do que eu não poderia fazer se não tivesse a perna esquerda. Depois de um tempo eu jogo tudo fora, não aguento acumular papel.

Já tive, diários do tipo “hoje eu acordei de mau humor porque sonhei com pirulitos de jiló” e também achava legal. Depois encheu.

Escrever para mim é uma necessidade, me ajuda a pensar e quiçá a me conhecer melhor. Me ajuda a me controlar quando quero matar alguém, escrevo como seria dolorosa e torturante a morte dessa pessoa. Depois rio porque acho quase tudo que escrevo engraçado.

Se você não tem o costume de escrever (fora do seu blog, caso tenha um), ou tem medo de descobrirem esse lado negro da força da sua personalidade, escreva, rasgue e jogue fora. Não ligue se o seu português é ruim (falando nisso e essa reforma? Só vou dar uma olhada nas minhas férias, bom mesmo são os americanos que não tem reforma ortográfica desde 2.500 AC), bom retomando: não ligue se você não sabe por onde começar, simplesmente comece. Você vai ver que vai ser muito bom para sua criatividade, quiçá para sua inteligença.



Esse cachorro sofrido está com raiva das pessoas porque verde desbotado não é sua cor de blusa preferida..

10 comentários:

Andarilho disse...

Quando a criatividade tira férias, eu tiro uma soneca.

JM disse...

Quando a criatividade tira férias eu escuto as musicas do Wando e do Fagner... a inspiração vem na hora !

Bjotas !

Amanda Maron disse...

Eu tenho pastas e mais pastas de textos sem noção rabiscados num guardanapo qualquer pela minha casa. ^^

Ana P. disse...

Perceba: além dos três blogues, mais um escondidinho que eu tenho, ainda mando um Blog Correio de vez em quando pras pessoas, pelo email do trampo, que é o único canal de comunicação que eu tenho.

E escrevo furiosamente na minha agenda. Sempre rola a falta de criatividade. Mas não consigo simplesmente DEIXAR de escrever. Escrevo, na falta absoluta do que fazer, recados carinhoso pros meus amigos do trampo.

Sim, eu sou um amorzinho. Me dá um emprego??? HUAHUAHUAHUAUAHUAHUAHUAHUA!!!

Augusto Molkov disse...

Quando a criatividade me falta eu começo a recontar histórias velhas, e em poucas linhas elas se tornam histórias novas.

Faz muito tempo que não faço listas, vou testar algumas.

Cristal - a louca. disse...

Andarilho: Eu tb, mas não contra pra ninguém rs;

Jm: Ai nem me fala, adoro!

Amanda: Pelo visto não é só meu vício rs.

Ana: Vc tem TOC por escrever rs, é diferente hahahahaha. Vc já tem um emprego no meu coração. Vc é tosca e eu tb rs.

Augusto: Adoooro listas! Adoro! Essa tb é uma boa idéia, das histórias velhas...

Grande beijo ^^

Mme. Eni Gma disse...

o que eu mais faço nessa vida é escrever, tenho 7 blogs ao todo, 4 deles "exclusivos para o autor" que são os meus "diários", outros são somente de contos e porrai vai. além de tudo tenho um livro gigante onde escrevo alguns pensamentos vagos, tipo, se alguém pega esse livro não entenderá porra nenhuma do que tá nele, só eu mesma, ou nem isso. não posso ver um pedaço de papel em branco dentro de gavetas que já rabisco com asneiras. isso acontece desde qdo aprendi a escrever.

minina, se eu te contar que meu trampo está tãããão legal, tudo tudo tudinho nele tá massa, tô só curtindo e aprendendo, melhor coisa que me aconteceu nesses últimos 2 anos.
ah muié tu tem que vir pra cá logo, os babados são tão fortes. =D

xôdade de tu. não estranhe pelo delirium tremens está "off air", estou me excluindo um pouco da net por motivos fortes, depois te explico, ou não, sei lá se é necessário, enfim, nada demais. depois volto com tudo, ou não.

bjus na aorta.

Mme. Eni Gma disse...

e ah! sou a MULHER DAS LISTAS. só vendo, chega ser um absurdo.

Márci disse...

Olh só que interessante....Qdo não tenho inspiração, mas tenho vontade de escrever, apelo para músicas...As musicas sempre me fazem pensar...Mesmo que muitas vezes em coisas sem noção tb...Mas alguma coisa sai...e nem sempre são publicadas mesmo. Não saem do rascunho do outlook.

ju mancin disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHA!

eu ia falar algo sobre criatividade, mas, estou cultivando um pé de alface hidropônica no lugar do meu cérebro, então não estou capaz de armazenar muita informação...
por hora só me resta rir MUUUUITO da cara desse pobre cachorro que detesta verde...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHHA!