segunda-feira, janeiro 31

Solidão.

Tem dias que me sinto tão sozinha que não consigo mais divisar a realidade atual de um passado não tão distante.
O sentimento é tão igual.
É como se os dias jamais tivessem passado, é como se eu tivesse ao mesmo tempo 12,15,21 e 26 anos. Como se os anos se fundissem e os sentimentos ficassem indivisíveis.
Antigamente eu ainda conseguia fugir, me enrolar na cama e falar baixinho comigo, hoje preciso manter o sorriso no rosto, o emprego, sou mulher madura, vender e repetir pra mim mesma que está tudo bem, e que no fundo eu sempre soube cuidar de mim, e quando achava que não sabia, estava fazendo o melhor que podia.

Cada dia percebo mais que foi um erro ter saído de trás do muro, não é bom dar poder suficiente para que as pessoas te magoem. Enquanto isso mantenho o ar blasé, é o último dia do mês e ninguém se importa se estou bem.

6 comentários:

Lau disse...

Eu me importo minha querida, e ainda nao mandei o que prometi pq sabe como é, ultimo dia do mês! =D

danighe disse...

Na verdade sempre tem alguém que se importa. E até quem se importa tem essas crises que logo menos acabam por desaparecer na enormidade da vida. Relaxa, e goza. Se possível.

Madame disse...

Eu me importo e muito!!!!!

Afrodite disse...

Menina,o que aconteceu com o teu telefone que só dá ocupado???
Tô tentando desde 17:30h!!!!
Se não falar contigo hoje,amanhã tento de novo!
E se vc por ventura ver isso antes de ir,me liga!Se estiver ocupado,insista...sou eu tentando te ligar!
Beijo!

Ana P. disse...

Eu me importo.

E eu entendo o sentimento. É como se eu tivesse escrito isso, no mesmo dia.

É.

Lih Neta disse...

Caramba, tu escreveu exatamente o que eu queria dizer.
" não é bom dar poder suficiente para que as pessoas te magoem" é a mais pura verdade,o triste é que nem sempre lembramos disso.

:~~