quinta-feira, dezembro 22

Eu locona,mas já tô na boa, guardei no meu email e resolvi publicar.

Ps: Quando comecei esse texto, estava bem putona, mas agora tô na boua tá, mas não poderia deixar que vocês não lessem tamanha genialidade em forma de escrita.
Tá tudo bem tá minha gente, é só uma revolta momentânea, que durou o tempo de um chilique.
___________________
Opa, beleza aí meu povo? Não vim desejar Feliz Natal tá, vocês já receberam muitos .pps chatos sobre isso.
 
Estraguei meu segundo celular e ele nem tá pago ainda, o problema sou eu e o touch screen, sem dúvida, ou então tão fazendo bosta de celular descartável.
 
Estou em uma fase absolutamente insatisfeita, irritada e mau humorada, gente eu preciso arrumar minha casa, minha vida, meus estudos, quero que meu namoro fique estável tempo suficiente para eu me equilibrar e quero focar minha vida nas coisas que são importantes para mim, repito que para mim.
 
Estou sempre visando o todo, meu namorado, minha mãe, minha outra mãe, meu trabalho, até o cachorro da vizinha, engulo cada coisa que putaquepariu, e nego samba na minha cara.
 
Estou revoltada, maluca, insandecida, babando de raiva, não posso escrever direito, escolher a cor das minhas cortinas (porque eu não tenho nem janela, quiçá cortinas), não posso comer cinco quilos de chocolate, nem me dedicar a nada integralmente porque vivo cansada.
 
ah lembrei de uma coisa que tenho que falar:
 
E olha só, aos meus amigos (as) e meu namorado, só me liguem para perguntar se estou bem! Porque "li no seu blog..." ah que coisa mais chata, essa porra de blog é pra eu escrever o que eu quiser, não para eu ficar explicando porra nenhuma! É claro que as coisas ficam punk as vezes mas na maioria das vezes vou sobreviver, se eu ouvir de novo de qualquer um de vocês:"li no seu blog que você..." vou socar os dentes de cada um quando encontrar, juro. Eu escrevo o que quiser, qualquer merda que passar pela minha cabeça, eu posso sabe porque? Porque sou alfabetizada, adulta e pago minhas contas.
E não vem com mimimi  "você não tem motivo pra reclamar porque é linda, tem namorado, tem emprego..." que vou mandar você tomar no meio do cu, tô cansada de ouvir essas merdas também, tô cansada qué sabê porque? Porque eu quero reclamar, se não tenho motivo, problema não, eu invento! Se você acha que sou uma ingrata, ah vá se fuder e saia do meu blog, caralho de chatice.
E se tiver leitor também que queira mandar e-mails: como sou legal e tudo vai passar, ah vá catar coquinho também, eu não sou legal e que tudo vai passar é óbvio, tô cansada de neguim vir com obviedades e ah porra, ninguém mais pode ter problema na vida que tem alguém com uma solução, tu quer ir lá pra casa passar meu cesto de roupa? Tu quer me dar um dinheiro? Tu é minha terapeuta? Tu quer me arrumar uma casa que eu não tenha pagar aluguel?
Porra ninguém tem nada de engraçado, sádico, uma piada para compartilhar? Wtf is acontecendo com o mundo?
Ah eu ein, já teve dias de pensar "ah vou fazer um blog que ninguém me conheça aí posso escrever o que eu quiser" aí né? eu tenho esse esforço todo para ser famoUsa, um milhão de seguidores e não posso falar o que quiser porque "ah meu namorado lê, meus amigos lêem, meu cachorro lê, meus inimigos também..." ah eu ein, que censura é essa que e tô fazendo? É mermo? Sério? Que coisa ein. Se eu quisesse o anonimato tava escrevendo no meu caderno, ou deixo guardado sem publicar. E se não entendeu, lê de novo, não entendeu de novo? Lê como se não me conhecesse.
 
E se eu quiser aliás...posso usar uma calcinha rosa na cabeça se assim eu decidir,  aliás porque tô explicando tanta coisa? Eu ein, tô toda trabalhada na retardadice.
É isso, eu estou revoltada, e NÃO, eu não estou interessada na sua opinião, vai opinar na teoria do seu amigo genial, vai para um fórum de discussão, vai pro facebook falar com seus amigos, vai jogar paciência, sabe eu ando TOTALMENTE MALUCA, sáporque? Quesabê? Porque eu me OBRIGUEI  ficar sã quando todo mundo tava querendo ficar maluco, taí o resultado, antes eu desse uma surra no meu namorado, na minha mãe e na minha chefe, que tivesse falado na época que tava puta com eles, tudo o que mereciam ouvir e depois desligasse o telefone, que eu mandasse calar a boca aquela colega de trabalho que além de ladra de cliente só fala merda, antes eu tivesse dado uns grito com todo mundo, aí hoje eu tava relax de verdade, na boa, só escrevendo coisas lindas natalinas.
Porque agora tá todo mundo bem, lindos e maravilhosos, pelo menos essa é minha impressão, meu namorado todo lindo ajeitando a vida dele, minha mãe deve tá lá em Mp mostrando as canjicas para os cliente dela e minha chefe tá rachando de ganhar dinheiro, e eu? Revoltada com uma merda de celular, com a cabeça doida, gorda e reprovada na faculdade.
 
E sabe de tanto fingir que tô bem, que tudo passa, que tudo fica bem, acho que todo mundo acreditou que consigo, eu não consigo, ok? Eu não desisto o que é totalmente diferente de conseguir, não tô esse poço cheio de auto confiança e auto estima, não tô com saco e paciênciaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!
 
E explicando novamente: Eu escrevo para dasabafar e não pra explicar nada.
 

4 comentários:

Madame disse...

Ai como eu adoro ler esse blog. Eu nao passei meu blog pra ninguem pq as pessoas nao sao capazes de aguentar a verdade sambando na cara deles.

Pan disse...

Sabe que por muitas vezes eu me arrependi de ter feito um blog aberto e ter passado pra todo mundo? Porque muita gente próxima também lê o que eu escrevo, se dói, questiona, e me cansa. Já tive vontade de criar outro, sem nomes, só fatos, mas né, não adianta mais agora.
E boa sorte com o celular ;)

iILÓGICO disse...

porra Crisstal, perdoa a gente....

'Lara Mello disse...

Eu também vivo me explicando porque um monte de gente sabe do meu blog, fico revoltada também, largo os cachorros também, e me meto na sua vida também, já que você desabafa e deixa a janela do comentário para eu me meter e opinar na sua vida =P

Ps: Te amo sua gostosa! \o/