quarta-feira, novembro 28

50 tons de PUTAQUEPARIU.

Sinceridade? Esse livro é tão ruim que não consegui passar da metade, imagina ler a trilogia!
Eu não sou masoquista com meu cérebro para uma agressão desse tamanho.
Que me perdoem todas as mulheres que ficaram com a bacurinha em chamas com o tal Grey, acho que muito parecido com a saga crepuscular só que com sexo, e olha que nunca li nenhum, mas consigo perceber a parada desde o começo: As mulheres estão vivendo uma adolescência tardia.

O livro é mal escrito, repetitivo e poderia muito bem sem um relato em 20 páginas, mas se prolongou durante milhares páginas e é um sucesso, mas meus olhos muito acostumados a leitura de coisas melhores não conseguiram ser enganados. Como livro erótico já seria uma bosta, como romance é sofrível.
A história que todos já devem conhecer é uma mocinha pura virgem e inocente (precisam ser oras, mulheres como eu e você que já rodaram um pouco na vida não seduzem os mocinhos milionários metidos a bandido), e rola toda uma metelança sadomasoquista com umas partes bem ugh e meu ódio mortal dessa mocinha Anastasia (antigo prefeito ou governador de Bh) que tudo ela enrusbece, ruboriza, fica vermelha e tals, e é claro aos 21 anos NINGUÉM nunca tinha feito a lindinha sequer se interessar pelo sexo oposto ela não se masturba e ainda é uma pessoa comum com cabelo ruim o que serve para nos identificarmos porque se ela fosse Gisele linda não precisaríamos nem continuar o livro , e o cara é todo gostosão, lindão, ricão e tudo ão e morre de amores-tesão por ela. 
Aí vem as fórmulas, mocinha virgem, cara masoquista meigo (mas poderia ser qualquer outra característica masculina) ele bancando as paradex toda pra ela (mulher gosta de dinheiro como todo ser humano) e ela toda pudica não quer aceitar as coisas, orgulho besta, sexo, sexo, sexo, sexo, sexo, amor, sentimentos dúbios, poder, mais sexo e sou fiel, compro as coisas procê yadda yadda.
Não sei vocês meninas já que várias adoraram, mas ler "e ele me fez gozar esplendorosamente" me dá vontade de cagar de rir. Só que não é um livro de comédia.
 

Se eu lesse novamente "Não morde esse lábio Anastasia" e "eu ruborizo" - algo assim, juro que preferia furar meus olhos com agulhas quentes.
Vi que algo se desenrolará do passado dele provavelmente explicando "porque ele é assim" aí fudeu de vez, essa necessidade do ser humano de explicar e entender... e ele não é assim porque quer.... esse tipo de coisa faz meu cú cair da bunda, o cara não pode ser só um sádico gostosão? 
Sei que muitas mulheres se colocam no lugar da mocinha e queriam um relacionamento assim, mas tipo, ei não dá pra ser essa mocinha minha senhora e Greys só existem nesses livrecos. 
Já leu Sabrina? Júlia, Roberta, esses de banca? Sabrina é melhor e consegue ser mais classuda, pra você ver a merda que é.
Para piorar tudo fui começar a ler esse depois de ter lido os dois volumes de - Os Pilares da Terra, sendo um dos melhores livros do século convenhamos que minha crítica só aumentou. 
As pessoas superestimam o sexo, fato, sexo e dinheiro move o mundo, e você junta isso em um romance, pá a autora tá rica, fico puta porque eu nunca tenho essas idéias, e todo mundo se interessa pelo sexo, mas as pessoas (oi mulheres) acham mó sujo, aí ao vez de lerem pornografia elas se contentam com essa merda entremeada com romance mal escrito.
Estou tentando me esforçar para continuar lendo, sem muito sucesso.
Esse livro está para a literatura o que Latino está para a música. Faz sucesso e muita gente gosta, mas não fica bom por isso.
Se você achou ótimo e lindo tudo de bom, foda-se, aqui é a monarquia da Tia Cristal, nem perca seu tempo defendendo essa bosta em formato de livro que perderá seu tempo e nada me ofende.
Marley e Eu te manda um abraço forte. Você também lê a parte seção de Nova como esquentar seu relacionamento, mas tenho uma super dica pra esquentar seu relacionamento com um que de masoquismo pra quem gostou: Taque fogo no seu marido. 

5 comentários:

M. disse...

Melhor crítica do livro que eu li até agora! Não consigo compreender como uma coisa dessas faz tanto sucesso. Acho que a explicação mais plausível que ouvi até hoje foi essa sua teoria do Latino aí, porque, né? Putaquepariu

Cristal - a pedra que fala. disse...

Uma bosta, mas uma lê, faz sucesso e vira esa febre Grey. O livro fica barato, ganha destaque e pá, temos um sucesso. Uma merda federal.

Lívia disse...

assino embaixo.

BOSTA DE LIVRO DO CARALHO.

Jorge Martins disse...

Você broca, como sempre. Saudades de ler seu blog. Saudades de fazer o meu. Tudo passa e tudo volta. Você continua esfuziantemente brilhante! E seus textos me fazem "gozar esplendorosamente". HAHAHAHAHAHAHA!

Diu Mota disse...

Adorei!!!!Admito q quase acreditei q a falta de bom gosto em sacar uma boa estória era falha minha. Saía de mancinho se o papo demorasse nos infindáveis tons de cinza.Isso pq ninguém leu “Prostituição na ladeira da montanha“- um livro ainda datilografado censurado na bagunça do quartinho lá de casa. Arrasou na crítica.