segunda-feira, dezembro 10

Textos que saem do escuro.

Acho que fico triste assim porque sinto muitas saudades da minha família, lamento não ter tido cabeça pra acompanhar a gravidez da minha irmã e lamento ainda mais não ter um plano B.

Ver as coisas se desfazendo, ver minha vida se esvaindo, todos dizem que sairei dessa mais forte, mas sempre tenho a impressão que sairei dessa mais amarga, mais seca e cada vez menos eu.

Vou perdendo as coisa aos poucos, sentindo que elas estão indo, mas sem coragem de fazer nada, porque não sei o que fazer.

Vou desistindo um grama por dia, desistindo da vida que planejei, jogando no canto meus planos e sonhos e as vezes pedindo só para o dia chegar ao fim.

As vezes eu vou andando e me perguntando porque as coisas deram tão errado.

Eu me olho no espelho e só sobrou a casca. E se me perguntarem o que quero não sei mais responder. Tenho medo dos meus próprios desejos virarem realidade.

Tenho medo de tudo. Medo de morrer, medo de viver, medo de parar e de continuar andando. Não choro mais porque as lágrimas secaram, mas quando chorava era aquele choro alto, infantil, de quem não entende de onde vem a dor.

Ao mesmo tempo que vou morrendo, vou me recuperando, como se tivesse uma doença saindo e o novo entrando e eu sempre tive pavor do novo, só quero uma vida comum, com os dilemas de todo mundo "o que teremospra a janta?" engraçado que minha vida é tão desestruturada e sempre quis o mais simples. Nunca pedi demais.

Mas acho que pedi muito.


2 comentários:

Salvatore Gibson disse...

texto 10..... Seu futuro é escrever, seja artigos, livros , etc... Voc~e tem necessidade de se expressar e o faz muito bem. Você tem que arrumar uma maneira de ganhar dinheiro com isso. Ja pensou em fazer videos para o youtube em vez de escrever? tem muita gente ganhando grana recebendo 'likes' nos seus videos no youtube. E vc tem um potencial tremendo.

Salvatore Gibson disse...

OBS: Seu futuro é se expressar , seja em escrita ou em qualquer outra forma.*