sábado, fevereiro 2

Coisas que deveriam incomodar

Tem uma goteira na minha área, minha área é de telha, meu apê é no primeiro andar, não tô a fim de explicar a planta do meu apartamento pra vocês, enfim, e olhei pra goteira e falei: pouts, tem uma goteira na minha área.
Eu deveria estar incomodada e pensando "tenho que consertar isso" mas um que não sei, dois não vou pagar para alguém tampar um furo na telha, provável colar um silver tape nela e viver mais 5 anos com assim, porque essa goteira não me incomoda. Eu coloco um paninho embaixo e olha... cai água da goteira, que impressionante. Mas não me aborrece. Só me aborreceu no dia que choveu demais e molhou a cozinha.
Me aborrece mais não ter onde enfiar minhas maquiagens.
Não ter mais uma prateleira no banheiro que acho que precisa, não precisa mas deixa eu pensar que precisa?
Me aborrece estar em casa sem uma pizza, mas a goteira, nem.
E meu microondas tá pifado e só lembro disso quando quero esquentar algo ou fazer brigadeiro, de resto, não me aborrece.
Se alguma coisa quebra, não me aborece, quebrei um pirex que minha mãe me deu e um do Marcos que ele nem sabe e nem vai saber (rá) e pensei "puts preciso comprar outro" mas não me aborrece, os copos não me aborrecem, as coisas que caem no pé também não, canelada na cama nem, mas me aborrece demais querer comer algo e comprar tudo e esquecer da coisa em si. Me aborrece perder um brinco do par.  Me mata não achar o pó matificante perfeito para o rosto e coisas do gênero como o iluminador perfeito ou o tom ideal do blush que nunca acharei porque essa cor não existe.
Enfim, coisas da vida.



Nenhum comentário: