quinta-feira, junho 20

Eu quero, eu posso! Eu tô fudida!

Tenho uma certa fixação por algumas coisas materiais, isso todo mundo sabe, queria (e quero muito) simplificar minha vida, diminuir o consumo e yadda, mas ainda estou longe dessa iluminação.

Sou louca por bijuterias, maquiagem e perfume e nunca me canso de tê-los, adoro coisas de usar na cozinha também, meu sonho no momento é comprar um microondas novo (consertar o velho é coisa que me repito a seis meses!!!!) só não comprei porque meu cartão está estourado (é só a terceira vez esse ano, mas dessa vez não vou me matar) porque assim que vagar passo um mini microondas de 300,00 e nem quero saber, atiro o outro no lixo – não sem pesar porque era da minha mãe L já até pensei em pedir uma amiga lá do trabalho pra tirar um no carnê das Casas Bahia e vou pagando a ela (todo mundo sabe que sou honesta por causa dessa cara de pastel), mas morro de vergonha de pedir qualquer coisa para qualquer pessoa.

Tem uma outra coisa que quero muito ter: Um conjunto de panelas! Mas não essas de inox ou antiaderente, quero aquelas de ferro batido, acho que é assim, sou louca pra ter umas três e vou comprar !(Sabe-se Deus quando) Adoro cozinhar, é uma pena que só tem eu para comer e sem microondas está me atrapalhando muito, estou jogando muita comida fora porque esquentar na panela não é muito a minha praia e fica com gosto de requentado e tem coisas que é tão mais prática fazer no microondas como brigadeiro, bolo de caneca e uma xícara de chá.

Marcos me deu uma pulseira de couro vinho na segunda-feira e estou total in love com ela, não tirei do pulso desde então. Quando a olho só penso “porque não pedi as outras duas cores!!!!” tão louca que estou com ela, sei que se algum dia passar lá perto de novo compro mais umas três!!!!

Agora quero porque quero pra minha casa um moedor de pimenta (mas para moer sal grosso com tempero) e vou comprar um muito em breve, aliás só não comprei ainda porque não achei (e hoje especialmente porque não tenho dinheiro, como todos sabem tenho vivido de moeda e dinheiro emprestado) depois do sucesso do mixer-multiprocessador – nunca usei tanto um troço na cozinha igual a esse! É impressionante! E mágico!!!! Ta bom, chega...

Ah fora que também quero um massageador desses igual vende no polishop (e é um roubo) minhas costas agradecerão, e se tiver um módulo “cafuné” para eu passar o troço na cabeça meus problemas de carência se acabaram!
E também quero uma bolsa carteiro de couro preta, que vi na feira da Afonso Pena por 200,00.
E quero também um sofá grande e fofo para eu deitar e ver tv e que eu afunde e durma nele para acordar de madrugada com algum canal louco berrando para eu comprar jóias a preço de custo.
E quero também.... uma centrífuga de roupas para eu não precisar mais torcer a roupa do tanquinho e custa uns R$270,00.
E quero também um novo rímel da revlon porque o meu está acabando.
Ah e também quero uma balança, desconfio que não sou neurótica pelo meu peso somente porque não me peso todos os dias (nem toda semana, quiçá todo mês), quero uma balança para por no chão do meu banheiro e ter mais um motivo para gritar pela manhã, é necessário ter neuroses no dia de hoje!

Sabe, hoje eu quero SÓ essas coisas aí.




2 comentários:

Nádia Galdino disse...

Engraçado, eu só consigo cozinhar pra mim mesma. Sempre erro a quantidade quando faço comida para mais de uma pessoa. E nunca cozinho no microondas, uso só para esquentar comida mesmo e, aié, fazer cuscuz - dois minutos e voilà!

Queria testar esse massageador da Polishop e ver se funciona mesmo, chego em casa tantas vezes com os ombros tensos.

Para a cozinha eu quero uma coqueteleira e uma balança daquelas digitais. Balança para me pesar eu tenho uma de vidro que calcula ainda percentual de gordura e uma caralhada de coisa. Na época foi uns R$70 no Submarino. Só que no fim das contas sempre acabo me pesando na farmácia na frente do meu prédio porque a minha mesmo sempre dá uma diferença grotesca, tipo mais ou menos dois quilos para menos - às vezes acho que é pelo fato de morar no 10º andar, vai entender.


:*

Nádia Galdino disse...

AH: um "modo cafuné" no massageador seria realmente perfeito o/