quarta-feira, outubro 21

As catiras da vida

Sou a rainha das trocas. Total.

Comprei três bolsas em um saldão (a crise, a crise, bolsa de couro grande a 130,00!!!!! Rá sério que puta achado) uma vendi para uma amiga que se apaixonou a tal ponto de eu desprendida que sou.... (só que não, achei três bolsas um exagero depois).

Aí outra amiga quer trocar uma bolsa que gosto por um hidratante da Natura (oi?) depois ela escolheu uma semi-jóia que eu nem gosto. Troca feita.

Uma outra trocou um filtro solar (Anthelios AC, suuuuper indico) porque tinha dois, por uma calça jeans. Aproveitamos para trocar uns batons e umas maquiagens que a gente compra acha linda e quando passa na cara não era exatamente aquela cor, nessa uma base da Mary Kay virou um lindíssimo anel de falange que eu namorava.

Tem umas loucas no trabs que acha que vendo coisas, e de vez em quando me perguntam "tem produto de cabelo?"  Faço aquela cara de Garfield e explico, niqui uma mocinha queria um "volumizador de cabelo em pó" que eu tinha, lá se foi e veio um mousse fixador e um bio oil.

Tem uma que adora meus sapatos, quando eles ficam largos é fato trocar por qualquer merda que ela queira, calço 39 e meu pé é fino, quando alarga meus calcanhares sofrem então é lixo, doação ou trocar por um vidro de esmalte (claro que depois de já ter usado com palminha um tanto que não sou a ryca dos sapatos).

Só uma coisa interessante, sempre sempre sempre faço boas trocas, e não, não ofereço, é que sou a rainha dos elogios então quando a pessoa cansa me fala quer trocar aquele relógio que você gosta por uma caixa de morangos? Não sei porque isso acontece, não sei mesmo, mas aceito e a outra parte normalmente fica FELIZ com isso, então penso que a coisa já deve estar no status de inútil.

Já troquei material elétrico por peça da romannel, como compro coisas com desconto e a vendedora também, bom pra duas.

Eu permaneço trocando.




Nenhum comentário: