sábado, agosto 27

Solidão

Solidão é um troço mega estranho.  De repente você quer ficar sozinha aí vc consegue e pá.... que bosta.
Sem namorado,  longe da família,  sem emprego,  dinheiro e sem saber o que fazer com todos esses problemas.
Minha vontade é dormir mas não posso,  me meti nessa e tenho que sair dessa.  Marcos acha que sou louca,  o que ele tem toda razão.  Minha família não se mete em nada porque nunca deixei,  pro resto do mundo estou maravilhosamente bem apesar de não estar.

Ao invés de me descabelar e pensar em todas as soluções resolvi que só ia meditar e ia literalmente me retirar desses problemas.  O que foi feito foi feito,  o que foi dito foi dito,  o que foi perdido foi perdido, não posso fazer nada quanto ao que aconteceu. Só agarrar a única coisa que me falta para resolver tudo isso,  minha paz interior, entrei em jejum e meditação.

Tenho uma imensa dificuldade em simplesmente deixar as coisas aconteceram então vou deixar que aconteçam. Meu maior pavor é não conseguir pagar o aluguel e passar fome, as coisas vou deixar que sigam seu fluxo normal,  que é o que já deveria ter feito ao invés de tentar agradar tudo e todos.  Se ninguém quer ficar perto de mim, todos tem seus motivos a única que não pode ficar longe de mim sou eu,  por falta de opção mesmo então vou meditar até achar algo. 

Chega de tentar consertar,  compreender,  falar,  vou deixar que as coisas sejam o que são.

Tem não sei quantos dias que só tenho contato virtual com as pessoas exceto as funcionárias da padaria e a entrevista que fiz.  Algo será retirado daí.  Enquanto não chego a qualquer conclusão vou ficar com meus mantras em semi transe. O grande universo sabe das minhas necessidades e nada faltará.

Nenhum comentário: