segunda-feira, outubro 10

O amigo sem noção

Cada um com suas preferências sobre homens e mulheres *( já tive a preferência o que vier a gente pega, gordo, magro, branco, verde) but, minha preferência sempre foi os mais robustos, em todos os sentidos, homens grandes gordinhos, gordos, meio gordos, homens pesados daqueles que amassam a gente, de preferência branco e com cara de sonso.
Como não sou peso pena bom pra pra mim também.

Como já elucidei, preferências a parte já comi de tudo um pouco, sem preconceitos, tive a sorte de Marcos estar nessa categoria de meu agrado, então sou uma mulher feliz e realizada na questão peso pesado.

Tenho uma certa birra de homem magro que tira onda com os gordinhos, (a questão é a onda simplesmente, como se o tal magrinho fosse o supra sumo da sedução) o tal amigo sem noção do Marcos disse "ela já emagreceu e você ein" - imaginem uma pessoa que de frente parece estar de lado....

Cheguei em casa e quando Marcos repetiu a coisa, e o tom que o mancebo usou pensei, é homem magro bem magro, estilo frango da Etiópia, é uma delícia por cima, aquela pélvis ossuda batendo entre suas coxas, é simplesmente arrrgh, sem falar que nunca vi uma mulher falar "nossa, olha as costelas dele, que sexy, olha essas canelinhas de sabiá" então gordinhos orgulhem-se da sua pancinha, pançona, meia pança, e se você é magro, cuidado com os seus ângulos ok, cotolevo, joelho, pélvis, tudo isso muito pontudo não dá samba.

Se o cara for bom, magro, gordo ou sarado saberá usar suas armas, mas por favor não tirem onda porque isso além de ridículo só fez o cara pareceber mais sem sex appeal que um azulejo branco, além do que convenhamos, meu querido além de ter canelas de cavalão puro sangue... não fica só nesse quesito de comparações.

Vá a merda magrelinho camisa tamanho 1. Vá lamber uma lixa, pena eu não ter falado isso na hora.




Nenhum comentário: