terça-feira, dezembro 20

Natal

Esse é o primeiro Natal em todos os anos que não passo com minha família, e... sinceramente toda vez que penso nisso rola uma pedrinha dentro do meu estômago.

Não houve dinheiro, mas na verdade não houve planejamento, como tudo meu....  não há planejamento mesmo sem um 13º salário eu achei dentro da minha mente que poderia ir.... sem pensar mesmo, só pensando que na hora daria um jeito... só que não rolou jeito, não fiz dar jeito, já venho dando muitos jeitos nos meus aluguéis e contas do dia a dia, que aliás estou devendo a níveis alarmantes, mas em uma vibe quase suicida de não ter mais o que fazer, só trabalhar e esperar, não comprar também está nessa lista.

Com a morte do meu avô a tarefa de querer ir ficou mais forte, mas por mais que forçasse... não tem jeito (quando eu digo não há jeito, bom tudo tem jeito, até a morte, mas não consegui pensar em nada e arrumar dinheiro em tempo hábil) e pior que isso é admitir que não tem nenhum outro natal que eu queira estar... tem a família do Marcos aqui, mas nem forçando a amizade e o alcool.

Não vou morrer por mais nada, já venho me alertando, mas minha única vontade é beber uma garrafa inteira de vinha e ficar cantando então é Natal sozinha em casa.









Nenhum comentário: