domingo, maio 28

Casamento

Marcos agora me pede em casamento quase todo mês. Só que a gente não tem dinheiro nem pra comprar um sapato quanto mais casar, além de casar estar lá embaixo das minhas prioridades, então  digo pra ele pra pedir a minha mão a minha mãe o que logisticamente tá meio fora da rota então ficamos nesse divertimento... viajando na maionese.

O que ele quer é a zoação e as piadas de "sério que depois que as pessoas casam elas são OBRIGADOS a transar só com aquela pessoa até morrer?" (como se já não fôssemos monogâmicos e preguiçosos demais pra ter um caso).

A última hoje foi que vamos casar na casa nova. A casa nova não existe só pra elucidar a "casa nova" está nos nossos desejos - aí eu falei que casava e ele... Mas o que vamos fazer na festa?
Segue abaixo:

Eu: Vamos casar oras.
Tem que ter coxinha.
Ah amor não sei, o que a gente faz em uma festa de casamento além de lamentar pelos noivos?

Marcos: VOCÊ É MUITO FILHA DA PUTA.

Nenhum comentário: