quarta-feira, julho 17

Serenidade

Serião, já pedi muita coisa na vida, até pra minha bunda nunca cair, para minha família ter saúde, para ter dinheiro para pagar o cartão de crédito, para ser a vendedora mais mais de toda a empresa, but, ultimamente só peço: serenidade.
Não sei nem o que significa a palavra em si, mas peço como um homem que pede água enquanto sua cabeça pega fogo.
Não sei qual foi a da parada, se foram remédios para dormir demais, se foi falta de alcool, se foi solidão misturada com culpa, com merda no trabalho, falta de dinheiro, dívidas, só sei que estou sempre uma bomba prestes a explodir.
Só sei que pelas minhas contas já recomecei demais para quem tem 28 anos e estou cansada (okay suas merdas são muito maiores que a minha, seu gato morreu ontem e você tá mais fudida, mas esse blog é meu e para mim já tem muita coisa e pãns) e rola toda uma canseira de fazer isso, aí canso de ficar cansada, dou um salto e desanimo antes de cair no chão. Rola todo um medo pavoroso de fazer qualquer coisa, enfrento o medo, vou lá e bato na cara da sociedade e caio no sono.

Por isso fico pedindo serenidade, serenidade, porque fiquei com medo de ter "um dia de fúria" e sair atirando no joelho das pessoas. A tal serenidade ainda não chegou, mas continuo pedindo.



Nenhum comentário: