sábado, janeiro 31

Duas histórias sobre a água

Brasileiros que somos.... fomos muito abençoados em termos de água e comida, mas é claro, tudo o que vem fácil tem pouco valor, quando me levantei do note após o último texto, lembrei de duas histórias sobre a água, uma que li na internet anos atrás e outra que uma amiga me contou no ônibus.

A primeira foi que uma pessoa de um país distante que não tem água ficou estarrecido quando veio ao Brasil e soube que nós cagávamos e mijávamos em água limpa, tipo essa pessoa quase surtou porque nunca soube que tal coisa poderia existir, até esse dia (o dia que li a história) jamais havia pensado nisso, mas a bem verdade é isso, para povos que morrem de sede deve ser impensável nós termos um vaso sanitário que tem água dentro, nós cagamos nessa água e depois jogamos mais água para mandar essa bosta abaixo, todos os dias, várias vezes, eu e você fazemos isso. Pense em como essa pessoa se sentiu? Deve ser eu chegando em Dubai e vendo as lojas que vendem ouro, devo pensar: nunca vi tanto ouro junto, não deve existir de verdade isso.

A outra história foi de um imigrante da família dessa amiga, mil anos atrás, ele chegou aqui no verão e deu um daqueles torós, ele foi pra rua e ficou tomando banho de chuva, maravilhado, no outro dia choveu de novo e ele fez a mesma coisa, no terceiro dia ele perguntou a alguém "que terra é essa que chove quase todos os dias? É muito abençoada é um milagre!!!"


Pensei nessas histórias agora para sermos gratos ao que temos, ao invés de mimimi ficar reclamando da Dilma (aliás o problema da falta d´agua é responsabilidade do estado e não do governo federal, ficadica pra tu não falar merda)





Nenhum comentário: